quinta-feira, 18 de Janeiro de 2018
Saiba Mais

Coletivos de mídia do RN criam bazar para cobrir julgamento do Lula dia 24

Rafael Duarte Fotos: Vlademir Alexandre
08 de Janeiro de 2018 + Notícias, DEMOCRACIA
Zoom in Regular Zoom out

Coletivos de mídia independente do RN promovem o Bazar da Resistência na próxima sexta-feira (12), a partir das 19h, no Espaço Cultural Acabou Chorare. Na ocasião haverá um show imperdível do grupo Opereta das Flores, nova banda das eternas cantoras Terezinha de Jesus e Odaíres. O bazar vem recebendo doações de livros, discos e outros itens. O objetivo do evento é levantar recursos para financiar a cobertura in loco do julgamento do ex-presidente Lula, em Porto Alegre (RS). A expectativa é levar midiaativistas da agência Saiba Mais, do Mídia Ninja RN, do Coletivo Arretadas e do programa Mortadela ou Caviar?. A campanha de financiamento começou no final de dezembro. A meta é arrecadar R$ 14,5 mil para custear passagens aéreas, hospedagem e alimentação dos comunicadores. Comitês pela Democracia e em defesa de Lula ser candidato às eleições de outubro estão sendo lançados em todo o país.

O julgamento do ex-presidente Lula está marcado para o dia 24 de janeiro, mas já existe uma extensa programação marcada para acontecer alguns dias antes da audiência no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, com seminários e eventos em solidariedade à principal liderança popular do país.

O processo se refere ao polêmico caso do tríplex do Guarujá. Embora a sentença do juiz Sérgio Moro não tenha apresentado uma prova factual de que o imóvel pertence a Lula, o ex-presidente foi condenado a 9 anos e meio de prisão.

O caso ganhou repercussão internacional em razão da fragilidade jurídica da decisão e das contradições da sentença. Lula vem recebendo apoio de personalidades fora e dentro do país. Não por coincidência, após a sentença o ex-presidente ampliou a vantagem para os demais concorrentes na disputa eleitoral de 2018. E mesmo que o TRF4 confirme a decisão de Moro, a defesa já avisou que vai recorrer a instâncias superiores para garantir a presença da principal liderança petista entre os candidatos ao Palácio do Planalto em 2018.

 

Bazar

 O Bazar da Resistência vai vender livros, discos, camisetas e outras peças doadas por simpatizantes da causa. O Espaço Cultural Acabou Chorare também vai disponibilizar uma percentagem do tira-gosto Frango à Passarinho para ajudar nos custos da viagem. A banda Opereta das Flores também decidiu doar parte do cachê para a viagem. Uma conta no Banco do Brasil está sendo disponibilizada para doações.

 

Banda Opereta das Flores traz as irmãs Odaíres e Terezinha de Jesus, ícones da música do Rio Grande do Norte nos anos 1970

 

CONHEÇA UM POUCO MAIS DOS COLETIVOS QUE IRÃO A PORTO ALEGRE

 

Agência Saiba Mais

Fundada em 31 de agosto de 2017 por um grupo de jornalistas e profissionais da comunicação com experiência em redação e na militância dos movimentos sociais, a Saiba Mais é a primeira agência de reportagem do Estado com foco na defesa dos Direitos Humanos, da Democracia e das Liberdades Individuais. Tem como eixos principais a democracia, transparência, cidadania e cultura. Equipe: Rafael Duarte (editor e repórter), Iano Flávio (editor e revisor), Vlademir Alexandre (editor de imagens), João Victor Leal (mídias sociais e repórter), Fabiana Bagdonas (fotógrafa), Nicole Tinôco (mídias sociais), e Aruan Thiele (estagiário). Site: www.saibamais.jor.br. Mídias sociais: @saibamaisjor (facebook, twitter e instagram)

 

Mídia Ninja RN

Coletivo de mídia engajada a movimentos estudantis, sindicais, sociais, de trabalhadores, de causas ambientais e de direito à cidade, de direitos dos trabalhadores, em defesa da democracia. Trabalha por uma mídia livre, pelo fim da concentração da mídia e pela pluralidade de informações na sociedade. Equipe: Márcia Mello, Celinna Carvalho e Idyane França.

 

Coletivo Arretadas

O Arretadas é o primeiro coletivo de comunicação formado só por mulheres no Rio Grande do Norte. Fundado em novembro de 2017, a partir do Mídia Ninja RN, é formado por três jornalistas/publicitárias. Após a experiência no Mídia Ninja RN, as midiativistas sentiram a necessidade de ter uma mídia local para tratar da pauta feminina. O site do coletivo Arretadas está em construção. As mídias sociais serão fluxo de notícias, divulgação de pautas e campanhas presencialmente de interesse das mulheres. A ideia surgiu em junho e foi efetivada em agosto. O coletivo está em fase de final de planejamento.

 

Mortadela ou caviar ?

Programa semanal de entrevistas divulgado via facebook produzido pelos médicos progressistas Petrônio Spinelli e Alexandre Motta. Em debate, pautas da política nacional e local, a partir de uma visão de esquerda progressista.

 

COMO CONTRIBUIR

 

Para financiar a mídia independente na cobertura do julgamento de Lula no TRF4, em Porto Alegre (RS), envie sua contribuição para:

 

Dados Bancários

Banco do Brasil

Agência: 1668-3

Conta Poupança: 17545-5 variação 51

Marcia Alves de Mello e Silva

CPF: 009949584-80

 

 

Comentários do Facebook

Gostou do Artigo? Compartilhe!

Sobre o Autor

Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"