BLOG, CIDADANIA

Delegado faz piada com Guarda Municipal de Natal, que emite nota de repúdio

O delegado da Polícia Civil Aldo Lopes de Araújo, também escritor, ironizou autoridades em despacho inusitado, redigido no último domingo (5). O documento dizia que um morador de rua inocente foi levado à delegacia “por ter cagado intramuros da repartição pública mal cuidada e mal vigiada”. E seguiu criticando do prefeito ao vigilante, a quem chamou de “faz-de-conta”.

Em nota, a Guarda Municipal de Natal esclareceu com detalhes que o motivo da prisão foi pelo furto de dois refletores de LED, pertencentes ao Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Marluce Carlos de Melo, e que o despacho do delegado agride a imagem institucional da GMN. A recuperação desses refletores havia sido divulgada na segunda-feira (6).

Leia o despacho:

Confira a nota assinada pelo Comandante Geral da Guarda Municipal do Natal, Alberfran Câmara Grilo:

NOTA DE REPÚDIO

O Comando Geral da Guarda Municipal do Natal (GMN) vem a público repudiar e esclarecer sobre a ocorrência atendida pela guarnição da corporação no domingo (05), a qual é objeto de despacho do Delegado de Polícia Civil, Aldo Lopes de Araújo:

1 – O Boletim de Ocorrência nº J2018018001429 (objeto do despacho) tem na sua identificação o Tipo de FURTO, ou seja, o cidadão foi detido e conduzido pela GMN a Delegacia de Plantão da Zona Norte sob suspeita de ser o autor do furto de dois refletores de LED pertencentes ao Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Marluce Carlos de Melo;

2- Diante do fato, a GMN deteve o suspeito dentro das instalações do CMEI e o conduziu juntamente com o material do furto a Delegacia de Polícia Civil de Plantão da Zona Norte, seguindo o procedimento legal de entregar o detido a autoridade competente da Polícia Judiciária para que a mesma conduza as investigações referente ao caso, objeto de sua competência institucional;

3- Ressaltamos que o despacho do Delegado de Polícia Civil Aldo Lopes de Araújo agride gratuitamente e sem nenhuma razão a imagem institucional da GMN, corporação essa que ao longo dos seus 27 anos de existência zela pela relação harmônica e parceira entre as instituições de segurança pública, sempre atuando dentro da legalidade, respeito a legislação e aos direitos humanos, na busca de contribuir com construção de cenário social onde a segurança e o direito do cidadão sejam perenes;

4- Por fim, o Comando Geral da GMN reafirma a toda sociedade que cada um de nossos agentes e todo o nosso aparato institucional continua com firmeza pronto e apto a atender o cidadão natalense, zelando pela segurança, pela cidadania e pelo bem comum da nossa sociedade.

Alberfran Câmara Grilo
Comandante Geral da Guarda Municipal do Natal
Natal-RN, 08 de agosto de 2018

 

Artigo anteriorPróximo artigo
Isabela Santos
Isabela Santos é jornalista e repórter da agência Saiba Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *