CAPA, DEMOCRACIA

Lideranças do PT-RN exaltam Haddad Presidente e destacam injustiça contra Lula

Lideranças do Partido dos Trabalhadores (PT) no Rio Grande do Norte estão otimistas com a consolidação da candidatura de Fernando Haddad à Presidência, com Manuela D’Ávila (PCdoB) candidata a vice-presidente. Além disso, enfatizam que o ex-prefeito de São Paulo “é o candidato de Lula”. O anúncio veio nesta terça-feira (11), com a rejeição do registro de candidatura do ex-presidente pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Na chapa original, Haddad era vice de Lula.

A senadora e candidata ao Governo do RN Fátima Bezerra fala com familiaridade sobre o candidato, que é ex-ministro da Educação:

“Precisamos devolver ao país a sua estabilidade política e econômica e ao povo a felicidade. Queremos o emprego de volta, mais Educação, crescimento e desenvolvimento e também queremos restabelecer a nossa democracia, com Lula livre. Haddad é o candidato de Lula, é o nosso candidato. Além disso, sua trajetória política, e eu a acompanhei de perto sobretudo na área da Educação, o credencia a enfrentar o enorme desafio de governar o Brasil”, declarou Fátima.

A candidata a deputada federal e vereadora de Natal Natália Bonavides lembra que a candidatura de Haddad não implica em desistir de Lula. A luta pela libertação do ex-presidente continua. E o plano de governo do líder petista, também.

“Para mim a candidatura do PT agora tem um porta-voz, que é Fernando Haddad, e este porta-voz representa o projeto de Lula, que é o projeto da maioria do povo brasileiro. Seguiremos lutando em defesa da liberdade do ex-presidente, preso injustamente, e vamos demonstrar nas urnas que não adianta encarcerar a nossa maior liderança popular, pois somos milhões de Lulas”, disse, em consonância com o pensamento do candidato a deputado federal Fernando Mineiro.

Para o deputado, a união do povo que aprovou os governos do PT será maior que a força política que impediu a candidatura de Lula.

“Os setores mais conservadores, atrasados e elitistas do país, com o respaldo da justiça partidarizada, se uniram para barrar a eleição do Lula, impedindo as pessoas de votarem livremente no candidato que está no coração do povo do Brasil. Imaginavam que, assim, destruiriam nossas ideias”, alertou Mineiro, ao lembrar que agora Lula é mais do que um candidato na opinião dos que o apoiam.

“Ele é uma ideia, um projeto de país, onde o povo é a solução, não o problema. Por isso, vamos seguir do lado certo: o lado de Lula, Haddad e Manuela. O lado do povo que vai ser feliz de novo”, completa o petista, ao dizer uma frase que já está se espalhando nas ruas e nas redes sociais: “Lula é Haddad e Haddad é Lula.”.

 

 

Artigo anteriorPróximo artigo
Isabela Santos
Isabela Santos é jornalista e repórter da agência Saiba Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *