CAPA, DEMOCRACIA

PSOL Nacional nega filiação de advogado Fábio Hollanda no RN

Fábio Hollanda é advogado no RN

A Executiva Nacional do PSOL barrou a filiação do advogado e político potiguar Fábio Hollanda ao Partido no Rio Grande do Norte. A decisão por 12 votos a 2, com uma abstenção, ocorreu na quarta-feira (11) motivada por um recurso ajuizado por dirigentes e militantes do PSOL no Estado. Fábio Hollanda era pré-candidato a deputado estadual e, sem partido, não terá condições de ser candidato por outra sigla, uma vez que a janela de transferência partidária foi encerrada dia 6 de abril. Embora caiba recurso junto à direção nacional do PSOL, a Executiva não vai se reunir antes de junho.

A filiação de Fábio Hollanda ao PSOL foi articulada no Rio Grande do Norte pelo vereador de Natal Sandro Pimentel (PSOL) e pelo atual presidente estadual do Partido, Danniel Morais. Desde que chegou ao PSOL, porém, Hollanda foi alvo de reações negativas da militância e de dirigentes da sigla. O advogado é fundador do PSDB no RN, atuou como secretário de Justiça e Cidadania no governo Rosalba Ciarlini, na época filiada ao DEM, e presidiu até há pouco tempo o PT do B (atual Avante).

No currículo de Fábio Hollanda anexado ao recurso que tentava impedir sua filiação, os autores ainda lembravam dos serviços advocatícios realizados em favor de políticos denunciados por corrupção contra os quais o PSOL sempre fez oposição, como é o caso do ex-governador Fernando Freire, condenado e atualmente preso no quartel da Polícia Militar.

A base do PSOL reclama também que a filiação de Fábio Hollanda não havia sido apreciada pelas instâncias do Partido. O argumento foi usado no mesmo recurso, uma vez que o estatuto do PSOL prevê que a filiação de políticos com mandatos ou ex-dirigentes de outros partidos precisam ter a confirmação do Diretório Nacional.

Em contato com o Blog, o vereador Sandro Pimentel (PSOL) afirmou que ainda não havia tomado conhecimento sobre a decisão da Executiva Nacional e não poderia se pronunciar.

O presidente do PSOL RN Danniel Morais afirmou que antes mesmo da direção da Executiva Nacional do Partido se posicionar de forma contrária à filiação de Fábio Hollanda, o próprio advogado já havia desistido de ingressar na sigla.

– O advogado Fábio Hollanda veio ao PSOL por livre e espontânea vontade se filiar, mas a ficha de filiação ainda não havia sido lançada no sistema. E antes dessa decisão da Executiva Nacional ele já tinha nos informado que havia desistido da sua pré-candidatura porque não conseguiu se desincompatibilizar da função de procurador que ele exerce num município do interior. Então, ele pediu que não fosse efetivada essa filiação dele ao Partido.

A Agência Saiba Mais procurou o advogado Fábio Hollanda por telefone, mas as ligações não foram atendidas.

 

SAIBA MAIS

Carlos Alberto deixa PT e assume pré-candidatura ao Governo do RN pelo PSOL

 

Previous ArticleNext Article
Rafael Duarte
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: