TRANSPARÊNCIA

20% das pessoas entre 60 e 69 anos não receberam a 2ª dose da vacina contra covid-19 em Natal

Somente em Natal, 7.357 pessoas entre 60 e 69 anos que receberam a primeira dose das vacinas Coronavac ou Oxford, estão com a segunda dose atrasada. Esse quantitativo equivale a 20,33% das pessoas com o cronograma de vacinação em atraso, o que torna a faixa etária entre os 60 e 69 anos a mais atrasada entre os idosos. Os dados, que vão do início da imunização até esta quarta (9), foram cedidos pelo Laboratório em Inovação Tecnológica em Saúde da UFRN (Lais/ UFRN).

Entre os idosos com idade entre os 70 e 79 anos, o atraso para receber a segunda dose é de 5,51%. São 1.995 pessoas que não retornaram ao local da vacinação para completar a imunização contra a covid-19. No caso das pessoas entre 80 e 89 anos, o índice de atraso para receber a segunda a dose é de 6,96%. São 2.520 pessoas que também seguem com o esquema vacinal incompleto.

Por último, na faixa etária das pessoas com 90 anos ou mais, o índice de faltosos para receber a segunda dose da Coronavac ou da vacina de Oxford chega a ser de 9%, num total de 3.272 idosos com a imunização pela metade. Ao todo, a capital potiguar tem 15.144 pessoas com 60 anos ou mais com o calendário de vacinação contra covid-19 incompleto. É importante ressaltar que somente com as duas doses da vacina, é garantida a eficácia máxima dos imunizantes. Em todo o Rio Grande do Norte foram aplicadas, até o momento, vacinas da Coronavac, Oxford e da Pfizer, mas apenas as pessoas que foram vacinadas com Corovanac e Oxford estão atrasadas.

1 em cada 5 brasileiros com mais de 70 anos não recebeu 2ª dose

Segundo levantamento realizado pelo jornal Folha de São Paulo, uma em cada cinco pessoas com mais de 70 anos no Brasil, não completaram a vacinação contra a covid-19. Os dados foram extraídos da plataforma DataSUS, o sistema de informação do Ministério da Saúde.

Entre as pessoas com mais de 70 anos, 2,6 milhões tomaram a 1ª dose, mas não retornaram para tomar a segunda. Além desses, um milhão não tomou nenhuma das doses das vacinas disponíveis para prevenir a covid-19. Com uma população de 13,5 milhões de pessoas acima dos 70 anos, cerca de 25% dos idosos nessa faixa está descoberta contra a covid-19, apesar da vacina disponível. Para o levantamento, foram levados em conta os dados da vacinação iniciada em 17 de janeiro, até 30 de maio.

 

 

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *