Eveline Sin escreve às quartas-feiras na agência Saiba Mais

tempos doentes

seguimos percebendo cotidianamente, nas coisas pequenas, como é difícil erradicar o falismo. como é difícil erradicar a intolerância. curar-se de preconceitos. e andar munido desse remédio tão bonito e essencial que é o respeito.

O passado é uma roupa que não nos serve mais

Um número cada vez maior de comportamentos, ações e sentimentos são classificados, descritos e diagnosticados como transtornos mentais. Tudo está ali: transtornos de humor, de ansiedade, somatoformes, factícios, dissociativos, sexuais, do sono, da alimentação… a cada nova versão, mais enquadramentos. O que decide se estamos doentes ou não é basicamente a intensidade e a duração.

Facções

Se o Estado é fraco, rezemos nostalgicamente ao sinhôzinho da hora. Ele haverá de nos guiar à modernidade, ainda que ela venha a ser apenas o passado repaginado a botox.