Somos todos caminhoneiros, como já fomos tanta coisa antes

O jornalista Cefas Carvalho escreve sobre a defesa de certas bandeiras pela sociedade. Segundo ele, os mesmos que dizem hoje “Somos todos caminhoneiros”, já disseram que são “todos Cunha” e “todos Aécio”. mas hoje sentem vergonha das bandeiras que já defenderam