Sua excelência, o “estrangeiro”

O jornalista Edmo Sinedino acredita que se os norte-riograndenses valorizassem mais os jogadores formados nos clubes do Estado a situação do futebol potiguar seria outra