Novo decreto de armas favorece milícias, diz MPF

A procuradoria federal dos Direitos dos Cidadãos, órgão ligado ao Ministério Público Federal, divulgou nota técnica em que aponta a ilegalidade no novo decreto de armas editado pelo presidente da República Jair Bolsonaro (PSL).