A foice contra o martelo

O professor, escritor e filósofo Pablo Capistrano vai na origem do símbolo comunista que voltou a aterrorizar senhoras puritanas e indefesas nos grupos de orações das igrejas