CULTURA

Surfista Ítalo Ferreira ganha estátua em Baía Formosa, no Rio Grande do Norte

Primeiro campeão olímpico de surfe, Ítalo Ferreira foi homenageado em sua terra natal, Baía Formosa, no Rio Grande do Norte, com uma estátua. O monumento, assinado pelo artista plástico Guaraci Gabriel, foi inaugurado na sexta-feira (14), com a presença de autoridades.

“Eu adoro fazer minhas malas e viajar o mundo inteiro, mas pra mim o que vale é a cidade onde nasci e cresci, sempre sinto saudades”, declarou Ítalo durante a cerimônia, agradecendo a família e amigos pelo suporte dado em todos os momentos. “Sempre recebi o apoio de minha família, e isso foi minha motivação para continuar acreditando. As pessoas deveriam valorizar mais os atletas”.

A governadora Fátima Bezerra (PT) marcou presença. “O Rio Grande do Norte faz, merecidamente, essa homenagem ao Ítalo, um garoto que nasceu aqui em Baía Formosa, com família de origem humilde, mas que não desistiu de lutar pelos seus sonhos, e chegar aonde ele chegou sem esquecer de suas origens. Ele é fonte de inspiração para essa garotada”, disse ela, ao agradecer também ao artista plástico.

No início de 2021, Ítalo anunciou a criação de um Instituto para atender crianças de Baía Formosa que tem previsão para ser inaugurado este ano. A prática do surfe, que sempre foi cultivada entre os moradores do município de pouco mais de nove mil habitantes, ganhou força após o estímulo do nativo que chegou ao topo do pódio. O surfista de 27 anos também é atual campeão do mundo pela WSL – Liga Mundial do Surfe.

Da sexta ao domingo (16), além da inauguração da escultura do surfista da cidade, Baía Formosa realiza a 1º edição do BF Music Long Festival, com competição de surfe, shows musicais, disputas de pranchões e pranchinhas na praia do Pontal, com a promessa de fazer o verão do Rio Grande do Norte ficar ainda mais atraente.

A obra

A ação foi facilitada pela Secretaria de Turismo do Estado e Fundação José Augusto, que articulou o contato com o artista. A escultura é uma doação e homenagem do próprio Guaraci, que resolveu prestigiar o atleta após o título conquistado durante os Jogos Olímpicos de Verão de Tóquio, em 2021.

O trabalho mede 5 metros de altura e mais de um metro de largura, tendo sido confeccionada em chapa de ferro maciço de 10 milímetros. Guaraci recebeu doação do material para a obra da J. Patrício Metais, de Mossoró.

O artista se inspirou em imagens de Netuno, deus romano do mar, por sua vez inspirado Poseidon, deus do mar na Grécia, onde nasceram as Olimpíadas há quase três milênios.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo