TRANSPARÊNCIA

487 leitos de UTI para covid-19 foram liberados em junho no RN por morte dos pacientes internados

Somente neste mês de junho, 487 leitos críticos (semi-intensivos e UTI’s) voltados para tratamento de pessoas com covid-19 foram liberados para receber novos pacientes porque aqueles que estavam internados com a doença faleceram. Os dados foram coletados do sistema de Regulação do Laboratório em Inovação Tecnológica em Saúde da UFRN (Lais/ UFRN), utilizado pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap).

Na manhã desta quarta (30), o Rio Grande do Norte tinha um total de 112 leitos críticos disponíveis, sendo 97 na região metropolitana de Natal e 15 no interior do estado. No geral, a média de ocupação dos leitos para pacientes de covid-19 em estado grave é de 70% no RN, sobe para 85% na região Oeste, cai para 67% na região metropolitana de Natal e para 57% no Seridó.

Dos 26 hospitais com leitos críticos para pacientes com covid-19 do estado, sete estão com 100% de ocupação: o Hospital Central Coronel Pedro Germano (Hospital da PM), em Natal; a Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer – Hospital da Solidariedade; o Hospital Regional Dr Mariano Coelho, em Currais Novos; o Hospital Maternidade do Divino Amor, em Parnamirim; o Hospital Regional de João Câmara; o Hospital Regional Nelson Inácio dos Santos, na cidade de Açu, e o Hospital Universitário Onofre Lopes, em Natal. Desde o início da pandemia, 908 pessoas morreram de covid-19 antes de conseguir acesso a um leito para internação. Na manhã desta quarta, cinco pacientes internados em leitos críticos no RN, tinham ido a óbito.

   

Imagens: reprodução sistema de Regulação Lais/ UFRN

 

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo