TRANSPARÊNCIA

Sesap confirma dois pacientes “prováveis” de terem sido infectados pelo novo Coronavírus no RN

Anúncios

A secretaria de Estado de Saúde Pública confirmou nesta sexta-feira (20) que há dois pacientes em Parnamirim que provavelmente estão infectados com o novo Coronavírus. O boletim epidemiológico divulgado pela Sesap aponta ainda 131 suspeitos. Até o momento, apenas 1 caso foi confirmado, o mesmo divulgado em 12 de março e que já foi liberado por não apresentar mais os sintomas da doença.

É a primeira vez que o Governo do Estado utiliza a classificação “provável” para tratar um paciente suspeito. Como provável, a Sesap considera “pessoa que manteve contato domiciliar com caso confirmado por COVID-19 nos últimos 14 dias e que apresente febre ou pelo menos um sinal ou sintoma respiratório”. 

Natal segue sendo a cidade com mais casos suspeitos, agora com 73 pacientes em observação. Parnamirim, onde estão internados os dois casos classificados com “prováveis” pelos órgãos de saúde, é o segundo município com mais registros de suspeitos, com 16 casos. Em Mossoró, a Sesap suspeita de 14 pacientes com o Coronavírus.

O Governo informou ainda que 41 casos foram descartados, sendo 33 encerrados. Os demais oito ainda não concluídos estão aguardando o resultado de exames.

O número de municípios onde há casos tratados como suspeitos pelos órgãos de saúde do Estado já chega a 24.

– Os referidos pacientes seguem em isolamento domiciliar ou hospitalar, sendo esta medida a recomendada para casos sem complicações clínicas, conforme Protocolo Clínico Estadual e Nacional. Diante do atual cenário epidemiológico, os casos poderão ser reclassificados após análises, tornando imprescindível a divulgação dos dados dos casos por meios oficiais, logo, a SESAP reforça seu compromisso com a celeridade na divulgação das informações”, informa o boletim, que ainda chama a atenção para a grande quantidade de casos descartados:

“O crescimento do número de casos excluídos é um fator preocupante, pois significa afirmar que pessoas que não preenchem os critérios de caso suspeito estão sendo atendidas e seus exames estão sendo coletados, gerando o aumento da concentração de atendimento nos serviços de saúde, ao passo que este insumos devem ser priorizados aos pacientes que de fato preencham aos critérios de definição de caso suspeito. Isso ressalta a necessidade de sensibilização da rede assistencial dos municípios para os critérios de definição de caso de modo a tornar mais efetivo o processo operacional de notificação e investigação dos casos”, afirmam as autoridades em saúde pública.

Brasil chega a 904 casos de Coronavírus com 11 mortes já confirmadas

O Ministério da Saúde confirmou 904 pacientes com o novo Coronavírus no Brasil. Até o final da tarde desta sexta-feira, 11 mortes foram provocadas pela doença, sendo 9 em São Paulo e 2 no Rio de Janeiro. Atualmente, apenas os estados do Maranhão e Roraima não têm casos confirmados.

Artigo anteriorPróximo artigo
Rafael Duarte
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *