CULTURA

“Ardência” transforma clínica em arte através da poesia

Transformar clínica em arte, passeando em versos pelos amores e dores de se resistir, acreditar e exercitar relações no país que mais mata a população LGBTQI+. “Mas não é um acesso à terapia”, alerta Thiago Medeiros sobre sua mais recente obra, “Ardência”, que será lançada no próximo domindo (21), às 15h, em live pelo Instagram do autor (@preuparardemedoer).

A ideia que nasceu de um acompanhamento psicológico propõe, na verdade, levar saúde e esperança, através da poesia, a este momento sem precedentes que o mundo vivencia, especialmente com a pandemia de Covid-19.

Uma aliada em tempos de ódio, intolerância, dor e mortes. Assim pode ser definida a experiência que a obra retrata deste ser capaz de se transformar em artista da própria vida.

“Olho para minha pequena trajetória e me orgulho pelos amigos que fiz, que acreditam em meu trabalho, em mim. O filho de uma lavadeira e de um vigilante que nunca sonhou em ser artista, mas sonhou em ser gente humana, rega as raízes para florescer”, diz Thiago.

A obra é uma possibilidade proporcionada por um esforço coletivo através de plataformas de financiamento digital. Mas o lançamento precisou ser adaptado às regras para manter o distanciamento social e diminuir a propagação do novo coronavírus. Acontece no próximo domingo (21), através de uma live pelo Instagram do artista (@preuparardemedoer).

O encontro começa a partir das 15h com a presença de Canniggia Carvalho, Gessyka Santos, Gonzaga Neto, Marina Rabelo, Michelle Ferret e Priscilla Rosa. Haverá ainda apresentação musical, com Haley Peltz.

“A ideia da live é poder juntar as pessoas. Esta é uma das grandes dádivas de poder me exercitar como artista no mundo, ter tanta gente incrível e querida, que são importantes na minha trajetória”, afirma o poeta ao falar sobre esse formato inédito, de forma remota, sem a possibilidade de abraçar as pessoas.

O livro pode ser adquirido no formato digital ou físico e está à venda no estúdio Carlota ou através do contato direto com o autor através. O envio é feito para todo o Brasil.

Thiago Medeiros

Em 14 anos de trajetória artística, Thiago Medeiros já participou de 15 produções teatrais na direção, atuação e dramaturgia de peças produzidas tanto pelo seu coletivo de teatro “Para eu parar de me doer”, criado em 2010, quanto por grupos teatrais como o da “Casa da Ribeira”.

Junto a outros artistas do seguimento, ele criou e mantém o sarau Insurgências Poéticas, desde 2016. É autor dos livros “Meio-Dia” (2018), “Para Eu Parar de Me Doer” (2016) e do inédito “Ardência” (2020). Os leitores podem acompanhar o trabalho do artista nos perfis @preuparardemedoer e @insurgenciaspoeticas no Instagram.

Passeio sobre o amor

Como resistir sendo, acreditando e exercitando o amor num pais que mais mata a população lgbtqi
Minha voz, minha arma, uma descoberta que o que sem alguns lugares que o amor me levou
Mas não é um acesso à terapia, alerta Tiago. Ao fazer um passeio sobre o amor,
Esta

Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *