CULTURA

“A Parteira” vence 2ª edição do Curta Caicó em noite de homenagens

A segunda edição do Curta Caicó chegou ao fim neste domingo (17) com o anuncio dos vencedores do festival em 2019. O filme A Parteira (Catarina Doolan) venceu a competição potiguar, principal prêmio da noite.

O festival trouxe uma novidade neste ano. Uma mostra exclusiva para trabalhos realizados no Seridó. Isso fez com que o número de filmes da região ampliasse no Curta Caicó.

“Na primeira edição eram dois filmes do Seridó. Agora, em 2019, foram 11 filmes produzidos aqui na região, de sete cidades diferentes”, citou Raildon Lucena, idealizador e diretor do festival de cinema.

Além de premiar trabalhos nacionais e locais, o festival de cinema Curta Caicó também reservou um momento para relembrar de importantes nomes da sétima arte da cidade, como é o caso de Chico do Cinema.

Chico é um cidadão caicoense que esteve à frente de antigos cinemas da cidade e dedicou sua vida à telona. Atualmente com 78 anos, venceu dois cânceres e está começando uma quimioterapia. Lembrado como um patrimônio cultural da cidade, Chico subiu ao palco para receber o Prêmio de Referência de Contribuição Artística. Emocionado no seu discurso, ele fez questão de enfatizar sua paixão pelo cinema e agradeceu a lembrança após anos de dedicação.

Sua filha Francirene Soares, cinéfila por convivência com Chico, resumiu os momentos do pai com a sétima arte:

Meu pai respirou cinema por mais de 50 anos. Eu acho que tinha de três pra quatro anos de idade quando ele começou a dirigir”, relatou a filha de Chico, que ainda teve a exibição do curta-metragem “Chico do Cinema”, produzido durante a oficina Documentando de Marlom Meirelles.

Francirene e suas irmãs chegaram, inclusive, a morar dentro do cinema Rio Branco, em Caicó.

“Quando tinha as festas grandes, como Santana ou comícios de políticos, todos nós íamos para lá e passávamos dias. Meu pai protegia o cinema, principalmente a noite”, disse.

De acordo com a organização do festival, 535 filmes de todo o país se inscreveram no Curta Caicó 2019. A segunda edição do festival conteve mais oficinas e mais amostras que em 2018.

Confira a lista completa dos vencedores:

COMPETITIVA POTIGUAR
MELHOR FILME: A Parteira (Catarina Doolan)
MELHOR DIREÇÃO: Enquanto o sol se põe (Márcia Lohss)
MELHOR ATOR: Derradeiro (Luiz Leonardo – Seu António)
MELHOR ATRIZ: A Parteira (Donana)
MELHOR ROTEIRO: Codinome Breno (Manoel Batista)
MELHOR FOTOGRAFIA: Derradeiro (Pedro Medeiros e Kennel Rógis)
MENÇÃO HONROSA: O Grande Amor de um Lobo (Adrianderson Barbosa e Kennel Rógis)

COMPETITIVA NACIONAL
MELHOR FILME: Nova Iorque (Leo Tabosa)
MELHOR DIREÇÃO: Entremarés (Anna Andrade)
MELHOR ATOR: Rasga Mortalha (Buda Lira)
MELHOR ATRIZ: Nova Iorque (Hermila Guedes)
MELHOR ROTEIRO: Nova Iorque (Leo Tabosa)
MELHOR FOTOGRAFIA: Casulo (Durso BC)
MENÇÃO HONROSA: Caio Salles pela Montagem de Entremarés

MOSTRAS PARALELAS:
MOSTRA DIVERSIDADE: Um Corpo Feminino (Thaís Fernandes)
MOSTRA MATINÊS DO CINE PAX Uma Balada para Rocky Lane (Djalma Galindo)
MOSTRA DE CURTAS FANTÁSTICOS: #Júri (Samantha Col Debella)

PRÊMIOS ESPECIAIS

PRÊMIO DA CRÍTICA – ACCIRN
MOSTRA POTIGUAR: A Parteira (Catarina Doolan)
MENÇÃO HONROSA: Berro (Alex Macedo & Riely Silva)

PRÊMIO ELO COMPANY
MELHOR FILME: Riscados pela Memória (Alex Vidigal)

PRÊMIO MÍSTIKA
MELHOR FILME: A Parteira (Catarina Doolan)

PRÊMIO REFERÊNCIA DE CONTRIBUIÇÃO ARTÍSTICA
Chico do Cinema

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *