CULTURA

Africores: Grafite une artistas e a comunidade da África na Redinha

Anúncios

Grafiteiros de pelo menos quatro estados do Nordeste realizam uma imersão na comunidade da África, no bairro da Redinha, durante o Africores: I Encontro de Grafiteiros. O evento começa nesta sexta-feira (18) e segue até domingo (20) em parceria com os moradores, que disponibilizarão os muros de suas casas para que os artistas exponham seus trabalhos.

A iniciativa é do Movimento Cultural Nossos Valores e tem o apoio da secretaria municipal de Cultura.

Coordenador do Nossos Valores, Miguel Carcará conta que a comunidade da África está empolgada com o evento:

– O pessoal abraçou o Africores, muitos pediram pra gente grafitar as casas deles. A ideia sempre foi essa: interagir com a comunidade, levando o grafite e muita cultura hip hop, nossa cultura real. Virão artistas de Fortaleza, Paraíba e de Pernambuco.

Anúncios

A Redinha é o primeiro bairro da Zona Norte de Natal após a descida da ponte Newton Navarro, um dos ícones das artes visuais da cidade. Além dos grafites que ficarão expostos nos muros das casas, haverá uma intensa programação de música e dança durante o evento.

Na sexta-feira (18) as atividades começam às 9h com os trabalhos de pintura em muros e residências da comunidade da África. À tarde (15h30), tem aulas de Cypher Break na frente da sede do Movimento Nossos Valores. Cypher é a reunião de MCs (grupos ou artistas solos), para rimas inéditas e com uma conexão de palavras mais complexas, com um DJ responsável pelo beat. É algo que se aproxima mais do freestyle do que do rap elaborado e construído sobre uma batida produzida em estúdio.

No sábado (19), a partir das 9h, segue a execução das pinturas de graffiti sob coordenação de Carcará e voluntários pelo bairro. À tarde (15h às 19h) tem Sound System, com Monte Sião. Sound System é o movimento cultural que surgiu nas periferias jamaicanas e veio se difundindo em outras comunidades. É um conjunto de caixas de som e amplificadores empilhados, formando um paredão.

No domingo (20) tem o encerramento dos trabalhos externos de graffiti e à tarde (15h) shows de Feuz, Mateus (MTH), Chico Bomba, Carcará na Viagem, Vira Mundo e Luanda Luz.

Anúncios
Artigo anteriorPróximo artigo
Rafael Duarte
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *