DEMOCRACIA, Principal

Agência Saiba Mais vai cobrir manifestação #EleNão em tempo real dia 29

Uma equipe formada só por mulheres da agência Saiba Mais vai cobrir em tempo real a manifestação #EleNão no próximo sábado (29), a partir das 14h, no cruzamento das avenidas Salgado Filho e Bernardo Vieira, ao lado do shopping Midway Mall. Uma repórter também enviará informações sobre o protesto direto de Brasília.

A transmissão será feita pela página do Facebook e através da conta do Instagram da agência Saiba Mais. As repórteres Isabela Santos, Nicole Tinôco e a fotógrafa Meysa Medeiros vão produzir as matérias do local do protesto em Natal e a jornalista Patrícia Cordeiro enviará informações de Brasília. O material também será compartilhado nas redes do coletivo Jornalistas Livres, que terá equipes parceiras na maioria das manifestações que ocorrerem no país.

O movimento é nacional com repercussão também fora do Brasil contra as ideias machistas, racistas, misóginas e homofóbicas defendidas e divulgadas pelo candidato à presidência da República Jair Bolsonaro (PSL).

O protesto foi idealizado por um grupo de mulheres criado no facebook batizado de “Mulheres Unidas Contra Bolsonaro”, que já ultrapassada 3 milhões de pessoas cadastradas.

foto: Catarina Santos

A jornalista Nicole Tinôco acredita que a importância do ato do dia 29 vai além do período eleitoral:

– O ato do dia 29 será um marco não apenas no contexto das eleições e sim do país, uma vez que o protagonismo das mulheres será decisivo para os rumos da nossa história. Diremos não ao machismo, à misóginia, ao discurso de ódio. Nos colocaremos contrárias à todo retrocesso que #Elenão significa. Espero que seja um grande ato e represente o tamanho da nossa força, indignação e resistência.

Já estão confirmados protestos em mais de 90 cidades brasileiras de 25 estados, além do Distrito Federal. Mais de 15 países da América do Sul, do Norte e Europa também serão palco de protestos. No Rio Grande do Norte, haverá manifestações em Natal e também em Mossoró.

A repórter Isabela Santos explica que, mais do que levar a informação, o momento político do país exige a participação das mulheres:

– Vamos fazer a cobertura jornalística, mas vamos também nos somar ao ato e dizer #elenão. Espero que o evento seja grandioso e mostre aos que ainda consideram votar em Bolsonaro que ele é a pior opção para o Brasil.

A fotógrafa Meysa Medeiros também acredita que o movimento #EleNão extrapola as eleições:

– Na minha opinião esse ato vai além de questões partidárias. São milhares de mulheres lutando pelo Brasil contra o fascismo.

Concentração em Brasília será na rodoviária do Plano Piloto

A manifestação na capital federal está marcada para às 14h, partindo da rodoviária do Plano Piloto. Correspondente da agência Saiba Mais em Brasília, a jornalista Lizandra Felício vai cobrir os protestos.

– “Estar no epicentro político e mostrar o que acontece aqui para quem está em outros estados é fundamental. O momento é tenso e as perspectivas não são animadoras. Estarei lá como jornalista, mas também como mulher e cidadã que não quer presenciar a violência tomando conta do Brasil”

 

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo
Rafael Duarte
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"