TRANSPARÊNCIA

Álvaro Dias autoriza reabertura de academias de ginástica com 100% de UTIs nos hospitais municipal e de Campanha ocupadas

A prefeitura do Natal decretou nesta terça-feira (14) a continuidade da retomada das atividades econômicas no município. Na primeira fração da segunda fase, as academias de ginástica estão liberadas para funcionar. De acordo com o Diário Oficial do Município, a decisão foi tomada devido à disponibilidade de leitos críticos (UTI e semi-intensiva) e clínicos da rede Municipal de Saúde se manterem após a liberação da primeira fase.

No entanto, todos os leitos de UTI no hospital municipal e também no hospital de Campanha estão 100% ocupados, o que torna a abertura, segundo os parâmetros definidos pela prefeitura, injustificável do ponto de vista técnico e científico.

O decreto determina que as academias contempladas nessa fração sigam os protocolos sanitários à risca, conforme indica o comitê cientifico de enfrentamento da Covid-19 do município. Os estabelecimentos devem limitar a permanência simultânea de consumidores na razão de 1 (uma) pessoa para cada 5m² (cinco metros quadrados) de área do local, proibir o acesso ou permanência de pessoas sem a utilização de máscara de proteção, disponibilizar álcool 70º INPM na porta de acesso e em locais de circulação de pessoas para a higienização das mãos dos consumidores, assegurar o distanciamento mínimo de 1,5m (um metro e meio) entre as pessoas, inclusive com afixação de indicativos visuais, no chão, para filas, recomendar que pessoas com mais de 60 (sessenta) anos, hipertensos, diabéticos e gestantes se abstenham de ingressar no local e orientar seus colaboradores a intensificar a higienização das mãos com álcool 70º IPNM.

Ainda de acordo com o decreto, a segunda fração dessa etapa ocorrerá em 21 de julho, contemplando a abertura dos centros comerciais e das galerias comerciais.

Em rede social, a prefeitura do Natal comunicou a sequência da retomada gradual da Economia. Apesar de não deixar explícito as atividades contempladas, a prefeitura deixa nota de esclarecimento à população.

“O avanço do Plano de retomada depende da queda de indicações de transmissão da COVID-19, da ocupação dos leitos hospitalares. Por isso, é fundamental que cada um faça sua parte nesta luta”, declarou a poder executivo municipal.

Em entrevista nesta terça-feira à InterTV Cabugi, Álvaro Dias disse que “viramos o jogo contra o Coronavírus” e mentiu sobre dados relacionados à ocupação dos leitos críticos administrados pela prefeitura de Natal.

No Diário Oficial do Município, consta as datas de 14 e 21 do mês de junho. Em contato com a assessoria de comunicação da prefeitura de Natal, foi informado que as datas é devido a prorrogação do decreto. No entanto, fica registrado os mesmos dias para o mês de julho.

Números da pandemia no município

A cidade do Natal conta com 14.800 casos confirmados, 26.680 suspeitos, além de 589 óbitos por coronavírus. A taxa de ocupação de leitos na região metropolitana permanece acima de 85%. Os dados são do boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde Pública (SESAP) e da Plataforma Regula RN – criada pelo Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS/UFRN).

Artigo anteriorPróximo artigo
Allan Almeida
Jornalista potiguar em formação pela UFRN.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *