Blog do Rafael Duarte

Álvaro Dias, democraticamente

Na véspera de cumprir o protocolo da mensagem anual na Câmara de Vereadores nesta terça-feira (18), o prefeito Álvaro Dias (MDB) passou o trator por cima de uma lei criada pela Casa legislativa em 2019 que regulamentava o transporte por aplicativo na cidade.

Com a lei de autoria da vereadora Nina Souza (PDT) em vigor, Dias publicou um decreto sem consultar vereadores, motoristas ou usuários.

Entre outros pontos, o decreto taxava em R$ 50 mil por ano as empresas que se credenciarem para operar na cidade. E cobrava mais R$ 1 milhão daqueles empresários que não honrassem a taxa obrigatória.

Para reduzir os efeitos do constrangimento de encarar os parlamentares que ignorou na véspera, a assessoria do prefeito foi obrigada a publicar uma nota surreal afirmando que Álvaro Dias “decidiu sustar a norma, aceitando democraticamente as ponderações apresentadas”.

Democraticamente.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo
Rafael Duarte
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"