DEMOCRACIA

Após apoiar suspensão de CPI que atinge Rosalba, deputado do PSDB quer CPI para investigar compra de respiradores

O deputado estadual Tomba Farias (PSDB) sugeriu nesta quarta-feira (10) a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar a compra frustrada, pelo Rio Grande do Norte, de 30 respiradores via Consórcio Nordeste. O Governo do Estado repassou R$ 4,9 milhões ao Governo da Bahia, estado que representou os nove estados nordestinos junto à empresa Hempcare Pharma Representações Ltda., responsável por negociar e viabilizar os equipamentos.

Na sessão remota desta quarta-feira (10), o deputado Tomba afirmou que a Assembleia Legislativa poderá instalar uma CPI para investigar o assunto. O detalhe é que na terça-feira (9), Farias apoiou um requerimento que suspendeu, durante a pandemia, a CPI da Arena das Dunas, uma manobra do deputado Getúlio Rêgo (DEM), aliado da ex-governadora Rosalba Ciarlini, alvo principal das investigações, já que a maioria dos contratos foram firmados durante a gestão dela, entre 2011 e 2014. Tomba, inclusive, compõe a comissão da CPI da Arena.

Respiradores

O Consórcio Nordeste tentou adquirir 300 respiradores pagando de forma antecipada uma soma de R$ 48,7 milhões, mas os equipamentos não chegaram. Investigações preliminares apontaram que o grupo responsável pela empresa é especializado em estelionato através de fraude na vendas de equipamentos hospitalares. Mais de 15 mandados de busca e apreensão foram cumpridos em São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e Brasília. O Consórcio cancelou a compra e foi à Justiça para reaver o dinheiro. O Ministério Público Federal abriu inquérito para investigar possíveis atos de improbidade administrativa na compra dos respiradores.

 

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"