+ Notícias

Após repercussão negativa, médico do RN diz que não troca receita de Ivermectina por “likes” no youtube

Depois da repercussão negativa de reportagens sobre o pedido de envio de print da inscrição em seu canal no youtube por whatsapp, para receber receita médica para compra da invermectina, o médico e deputado estadual, Albert Dickson (Pros), se manifestou por meio de nota à imprensa.

Ele explicou que o pedido de “like” nos vídeos do canal é uma prática comum nas transmissões online e que o print da inscrição no canal do youtube que o parlamentar mantém com a esposa, a também médica e deputada federal Carla Dickson (Pros – RN), não é obrigatório para a concessão da receita para a compra do vermífugo utilizado para tratamento de sarna e piolho. Além disso, Albert Dickson também ressaltou que as consultas realizadas por meio do aplicativo whatsapp são gratuitas e, mesmo que fossem cobradas, não haveria ilegalidade no fato.

Nesta segunda (10), a BBC Brasil publicou reportagem sobre o fato do parlamentar “trocar” likes e inscrições em seu canal no youtube por receita médica para a compra de ivermectina, remédio sem eficácia para tratamento para covid-19, mas que vem sendo defendido por alguns médicos e gestores, como o Prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB).

Confira a nota na íntegra:

NOTA A IMPRENSA
Em face da veiculação de notícias que circularam na manhã de hoje, em vários meios de imprensa, o médico Albert Dickson vem informar o seguinte:

De minha parte, não há cobrança de consulta para tratamento de Covid (embora essa prática não seja proibida no Brasil), esclarecendo que minha atuação é de cidadania, como uma forma de diminuir os efeitos deletérios da pandemia, os quais estão sendo suportados por toda a sociedade;

Possuo outorga do CRM(Conselho Regional de Medicina), através da Resolução 04/2020, para prestar consulta e prescrever medicação, em relação ao Covid, bem como sou detentor de titulação para esse fim;

Nunca houve qualquer difusão ou propagação de vídeo relacionado a Cloroquina, como  medicamento para tratamento da Covid, embora seja defensor do uso da Ivermectina para seu tratamento precoce, entendendo que o uso dessa medicação seja um diferencial para conter o avanço da pandemia;

A defesa do uso da Ivermectina se pauta em estudos clínicos(técnicos), realizados em mais de 50 pesquisas no mundo, as quais atestam a eficácia do tratamento precoce com o a utilização dessa medicação;

Informamos que ao médico cabe a prescrição do medicamento que acha apropriado para o caso, enquanto que o seu uso é escolha pessoal de cada paciente;

No que concerne os ‘likes’ nos canais de comunicação do médico, ressaltamos que é comum aos participantes de redes sociais solicitarem o compartilhamento de ‘likes’, sem que isso possa a comprometer o atendimento oferecido ao paciente, significando, somente, a aceitação/aprovação do conteúdo pelo usuário, não havendo nenhuma ilegalidade nessa ação;

Quanto a inscrição no canal, atendemos a todos sem restrição dessa necessidade.

Esse é um momento de união contra um inimigo comum: o vírus.

Minha ação se pauta na defesa da vida, seja como cidadão, ou no exercício de minha profissão.

Estamos do lado da vida. Esse é meu propósito.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo