+ Notícias

Após troca de pacientes em hospital privado de Natal, família enterra corpo errado de vítima de Covid-19

Dois homens morreram vítimas de Covid-19 na madrugada desta terça-feira, 23, no Hospital do Coração, em Natal. Familiares foram então chamados para reconhecer os corpos e o filho de uma das pessoas assumiu o corpo de outro como pertencente ao familiar dele. Sem verificação de documentos por parte da unidade hospitalar, os dois cadáveres foram trocados e sepultados pelas famílias erradas.

Segundo informações do G1, o caso foi descoberto quando parentes do aposentado Gerde Luís Xavier Damasceno, de 63 anos, buscaram o corpo dele no hospital e descobriram que ele já havia sido entregue a outra família, que também já havia realizado o sepultamento.

Em nota, o Hospital do Coração confirma o caso e lamenta o ocorrido, afirmando que houve falha do setor responsável ao não seguir nosso protocolo de conferência dos documentos necessários para a liberação do corpo para o sepultamento. O erro teria contribuído para a situação que a unidade classificou como “constrangedora e inaceitável”.

Ainda segundo o G1, o filho do outro paciente falecido, responsável pelo reconhecimento do corpo, disse ter visto um homem apenas através do vídeo, com os olhos cobertos por gazes. Diante da semelhança física dos dois corpos e da emoção, ele acabou cometendo o engano.

Vale lembrar que sepultamentos de vítimas de Covid-19 são realizados com caixão fechado para evitar risco de contaminação. Assim, a família que recebeu o primeiro corpo só soube do erro após receber ligação dos parentes de Gerde Luís Xavier. De acordo com o portal, ambas as famílias informaram que devem buscar a Justiça para uma ação contra o hospital particular.

Já o Hospital do Coração diz lamentar “profundamente” o ocorrido e afirma estar tomando medidas necessárias, junto à empresa funerária, “para que cada família possa fazer o sepultamento digno do seu familiar”.

Fundado no ano 2000 por cardiologistas do Rio Grande do Norte, o hospital do Coração foi vendido em janeiro de 2021 ao Humana Saúde, do grupo Athena Saúde. Também fazem parte do controle da empresa os grupos Medplan, grupo Medimagem, Unihosp e o Hospital Centro Médico Maranhense.

 

 

 

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *