TRANSPARÊNCIA

Após vexame, bancada federal do RN volta a concorrer em peso à premiação no Congresso

Os 11 parlamentares da bancada federal do Rio Grande do Norte estão concorrendo ao prêmio Congresso em Foco 2019. A premiação é um estímulo à responsabilidade social por meio da inspeção do poder público, mas também funciona como um reconhecimento da atuação parlamentar das indicadas e indicados.

A votação começou dia 1º e segue até 31 de agosto e pode acessada aqui. A seleção popular é feita de forma paralela à votação do júri especializado e à dos jornalistas que fazem a cobertura do Congresso Nacional. Todos os vencedores serão anunciados no evento de premiação em 19 de setembro, no centro de eventos Porto Vittoria, em Brasília.

É a primeira vez que toda a bancada potiguar concorre à premiação desde que o regulamento passou a vetar a participação de parlamentares que respondem à investigações ou inquéritos criminais no Supremo Tribunal Federal. Nas duas últimas edições, menos da metade da bancada potiguar concorreu.

Nos últimos anos não puderam participar os deputados Felipe Maia (DEM), Fábio Faria (PSD), Rogério Marinho (PSDB), Walter Alves (MDB), José Agripino Maia (DEM) e Garibaldi Alves Filho (PSDB). Desses, apenas Fábio Faria e Walter Alves conseguiram renovar os mandatos e concorrerão em 2019 à premiação porque os inquéritos que tramitavam contra eles no STF foram arquivados.

A única parlamentar premiada em 11 edições foi a então senadora Fátima Bezerra (PT), atual governadora do Rio Grande do Norte, que ficou entre 10 melhores senadores do Congresso.

Estão aptos a serem votados apenas aqueles parlamentares que exerceram o mandato por ao menos 60 dias este ano e que não respondem a nenhuma acusação na esfera penal.

Disputam o prêmio este ano pela bancada potiguar os deputados Natália Bonavides (PT), Rafael Motta (PSB), Fabia Faria (PSD), Benes Leocádio (PRB), General Girão (PSL), Beto Rosado (PP), Walter Alves (MDB) e João Maia (PL), além dos senadores Zenaide Maia (Pros), Jean Paul Prates (PT) e Styvenson Valentim.

Deputada Federal, Natália Bonavides está concorrendo nas três categorias do prêmio. (foto: PT Câmara / Divulgação)

Dos 11 parlamentares do Rio Grande do Norte eleitos para a Câmara e o Senado, seis concorrem ao prêmio pela primeira vez: Natália Bonavides, Benes Leocádio, general Girão, João Maia, Jean Paul Prates e Styvenson Valentim.

Natália Bonavides, Rafael Motta e Zenaide Maia vem fazendo campanha nas redes sociais. A deputada do PT concorre em três categorias: quem melhor representa a população na Câmara este ano; em favor da proteção do clima e sustentabilidade; em favor da valorização dos bancos públicos.

“Concorrer ao prêmio do Congresso em Foco é uma grande satisfação, pois demonstra que a nossa atuação parlamentar tem se destacado.Nós pretendemos mostrar com trabalho que o Rio Grande do Norte merece a premiação mais uma vez”, destaca a parlamentar petista, lembrando que Fátima Bezerra já tinha sido premiada.

Pela rede instagram, Rafael Motta (PSB) pediu voto aos eleitores:

– O júri técnico da premiação – que faz as indicações – leva em consideração os parlamentares com mandato atuante, resultados que geram benefício à sociedade e deputados ficha-limpa, ou seja, que não respondem a investigações ou acusações criminais”, escreveu.

A senadora Zenaide Maia (Pros), que concorreu quatro vezes como deputada federal, também foi às redes sociais para destacar o mandato:

– Meus amigos e minha amigas, estamos concorrendo mais uma vez ao Prêmio Congresso em Foco, porém para obtermos êxito precisamos do seu voto e da sua divulgação. Para nos ajudar é bem fácil e rápido, arraste pro lado e confira, desta forma você estará fortalecendo nosso trabalho”, disse.

Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *