CIDADANIA

Até a próxima semana, RN deve receber 84.800 das 87 mil doses atrasadas de Coronavac

A governadora Fátima Bezerra (PT) anunciou nesta terça (11) que até a semana que vem, mais dois lotes de Coronavac devem chegar ao Rio Grande do Norte direcionadas à segunda dose de quem já tomou a primeira. As remessas foram solicitadas pelo Governo do Estado e confirmadas pela coordenadora do Plano Nacional de Imunização (PNI), Franciele Francinato.

Ao todo, serão enviadas 34.200 doses de CoronaVac no primeiro lote e mais 35 mil doses no segundo. Somando esse quantitativo às 15.600 doses que já foram enviadas ao Rio Grande do Norte nesse último final de semana, o estado vai atingir 84.800 das 87 mil doses solicitadas pela governadora Fátima Bezerra. O número representa o total de pessoas com a imunização atrasada por falta da 2ª dose da Coronavac, segundo levantamento da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap).

Pela plataforma RN + Vacina, o estado já tem mais de um milhão de pessoas cadastradas (1.035.199) para receber a vacina contra a covid-19, 554.634 receberam a 1ª dose de um dos imunizantes e 272.237, o equivalente a 35% da população, já foram imunizadas com as duas doses. O Rio Grande do Norte tem uma população de mais de 3,5 milhões de habitantes (3.534.165).

Nesta segunda (10), a capital potiguar retomou a aplicação da 2ª dose da Coronavac para quem tinha recebido a 1ª dose até 29 de março, além de autistas e pessoas com síndrome de Down que receberam a primeira dose entre 30 de março e 1º de abril.

Novo lote da Pfizer chega ao RN

Na manhã desta terça (11), 18.720 doses do segundo lote da Pfizer chegaram ao Rio Grande do Norte. As vacinas serão direcionadas para a primeira dose das pessoas com comorbidades, respeitando a faixa etária. Seguindo a determinação do Ministério da Saúde, por conta das condições diferenciadas de armazenamento que a vacina da Pfizer exige, o lote será distribuído apenas para municípios da Região Metropolitana.

A Sesap orienta que sendo finalizada a vacinação com a primeira dose do grupo de portadores de diabetes mellitus e doenças cardiovasculares, pode-se dar prosseguimento com a vacinação de hipertensos, imunossuprimidos, pessoas com doenças respiratórias crônicas e com obesidade mórbida (IMC ≥ 40), que estejam entre 55 e 59 anos.

Há também a orientação para ampliar a faixa etária de imunização para pessoas de 50 a 59 anos com deficiência permanente cadastradas no Benefício de Prestação Continuada (BPC). Junto à carga de vacinas, a Sesap também recebeu uma nova leva de anestésicos utilizados para intubação de pacientes internados em UTI.

A vacina da Pfizer é a terceira disponível para imunização contra a Covid-19, junto à Coronavac/Butantan e a Oxford/Fiocruz. O RN recebeu na primeira semana de maio um lote com 7020 doses da Pfizer. Com esse, o estado chega a 1,18 milhão de vacinas recebidas.

 

 

 

 

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo