CIDADANIA

Ativistas LGBTQs fazem protesto e cobram cestas básicas ao Governo do Rio Grande do Norte

O Fórum LGBT Potiguar realizou nesta quinta-feira (21) um protesto durante a coletiva de imprensa diária do Governo do Estado, onde são feitas atualizações sobre a situação da pandemia do novo coronavírus no Rio Grande do Norte. Os ativistas reivindicam a entrega de cestas básicas para a população LGBTQ em situação de vulnerabilidade diante da crise.

A situação é semelhante a de diversos brasileiros e brasileiras que perderam emprego e renda em razão das restrições de isolamento, como conta Jacqueline Brazil, da ONG Atrevida.

“Muitas de nós estamos passando dificuldades por não ter como trabalhar. Muitos que tem seus salões, que trabalham na noite não podem trabalhar por causa da pandemia, infelizmente tem muitas travestis e transexuais que não conseguiram o auxílio do Governo, chegam a passar fome e não tem família que forneça qualquer apoio. Estamos aqui para sensibilizar a Governadora para que nos olhe, muitas de nós chegam a cometer suicídio por causa dessa situação”, disse.

Outras organizações que compõem o Fórum LGBTQ do RN também estiveram presentes no protesto que ocorreu ontem e hoje.

“Pedimos que o Governo não esqueça das pessoas que vivem com HIV/AIDS, nós tomamos uma medicação muito forte e não podemos ficar sem nos alimentar. A fome tem pressa, a fome mata e o HIV também”, reivindicou Marcos Belarmino, da rede de pessoas vivendo com HIV/AIDS no RN.

Em protesto, ativistas LGBTQs reforçaram as necessidades da população com HIV.

Sobre o assunto, o deputado estadual Sandro Pimentel (PSOL) também cobrou ações por parte do Governo com a entrega imediata das cestas básicas direcionadas a esse público. O parlamentar lamentou a demora da secretaria estadual de Mulheres e Direitos Humanos em solucionar o problema.

“A barriga não espera. É inaceitável que isso aconteça. A justificativa é que não estão conseguindo uma empresa para fornecer as cestas básicas. Isso é vergonhoso! Esperamos que esse problema venha ser resolvido o mais rápido possível”, cobrou o deputado

Na ocasião, o controlador-geral do Estado Pedro Lopes, um dos responsáveis pela campanha de arrecadação RN + Unido, garantiu ao Fórum que as entregas serão feitas até este sábado (23).

Artigo anteriorPróximo artigo
Kamila Tuenia
Jornalista potiguar em formação pela UFRN, repórter e assessora de comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *