DEMOCRACIA

Aula pública reúne os dois reitores eleitos do IFRN e UFERSA em Mossoró nesta segunda

Contra a intervenção, a educação. Professores, estudantes e servidores técnicos da Universidade Federal Rural do Semiárido realizam nesta segunda-feira (31), a partir das 8h, uma aula pública com a presença dos dois reitores eleitos no IFRN, José Arnóbio de Araújo, e na Ufersa, Rodrigo Codes.

Os manifestantes se concentram a partir das 7h, no campus da Ufersa. Além da aula pública com os dois reitores eleitos haverá uma oficina de cartazes.

O ato político acontece no primeiro dia útil da administração da nova reitora Ludmilla Serafim, terceira colocada nas eleições e nomeada pelo presidente da República Jair Bolsonaro à revelia da decisão da comunidade acadêmica. Como primeiro ato, ainda antes de tomar posse, Ludmilla abriu inquérito na Polícia Federal contra a estudante de Direito e Coordenadora-geral do DCE Ana Flávia Barbosa sob acusação de calúnia, difamação, ameaça e formação de quadrilha.

A agência Saiba Mais tornou público o inquérito no domingo (30).

De acordo com os estudantes, o ato unificado entre UFERSA e IFRN será o primeiro de muitos que ainda devem acontecer enquanto as duas instituições estiverem sob intervenção.

O DCE da Ufersa pediu pelas redes sociais que os manifestantes levem álcool em gel e utilizem máscara, além de manterem o distanciamento social.

“A equipe organizadora está atenta para que os estudantes possam realizar oato da forma mais segura possível”, informou a entidade.

Artigo anteriorPróximo artigo
Rafael Duarte
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *