Ana Clara Dantas

Ana Clara Dantas

Ana Clara Dantas é jornalista e escreve às sextas-feiras

Sem melodia

Delicadezas e um pouco de desesperança estão na crônica da jornalista Ana Clara Dantas.

Ana Clara Dantas escreve às sextas-feiras

Um breve causo sobre isso daí

Um dia bateram à porta do Sr. Alberto. Vieram buscá-lo. Um sujeito bronco gritava palavras de ordens, enquanto pedia que o seguisse. Deveria ir. Como todos que já não estavam ali.

Ana Clara Dantas escreve às sextas-feiras

Sobreviveremos à quinta série

Com um pouco de calma, os garranchos ganham forma. As linhas ganham histórias. E eu ganho um pouco de sossego colocando no papel o que aperta o peito. De repente a quinta série nem era um bicho tão feio assim.

Ana Clara Dantas escreve às sextas-feiras

É os pingo da chuva me molhar

A gente do interior se reconhece. E quando se reconhece, faz festa. Chama atenção, porque é feliz. E é feliz com o simples. Com o filho que chegou mais cedo da escola, com o mercadinho novo que é mais barato. E com a chuva