Avatar

Rodrigo Bico

Os baús de problemas da Fundação José Augusto

O ator e educador Rodrigo Bico escreve sobre os problemas crônicos da Fundação José Augusto, pasta responsável pela gestão cultural do Rio Grande do Norte. Bico foi diretor da FJA no início do governo Robinson Faria

Conselhos de cultura e o medo da sociedade civil

O ator e educador Rodrigo Bico levanta um debate fundamental para a cultura: o enfraquecimento dos conselhos de cultura pelas sucessivas gestões municipais e do Estado. E aponta, lembrando experiências de estados vizinhos, para a modernização dos fóruns.

Lula e Gil: a descoberta de um Brasil profundo

O ator e educador Rodrigo Bico compara a trajetória de Lula e Gilberto Gil na gestão pública lembrando a importância da dobradinha dos dois para a consolidação de uma política cultura para o país

Rodrigo Bico escreve às quartas-feiras na agência Saiba Mais

O legado de Carlos Eduardo para a cultura

Nós, artistas, não podemos ser culpados pela maneira como nos conduzem, como nos compram, como nos alimentam de pequenos “cala-bocas”. São os coronéis/gestores que nos oprimem, que nos enganam, que nos iludem.