Da Redação

Da Redação

UFRN - Fotos: Cícero Oliveira

Tecnologia da UFRN é alternativa para o diagnóstico do câncer e de doenças inflamatórias crônicas

Um grupo de seis cientistas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) recebeu, nesta quarta-feira, 8, do Instituto Nacional da Propriedade Intelectual (INPI), o patenteamento de uma nova tecnologia inovadora que promete ser mais uma alternativa para o diagnóstico do câncer e de doenças inflamatórias crônicas.