Avatar

Tatiana Lima

O obscurantismo à espreita

O caminho para o autoconhecimento da sociedade que se informa pelo whatsapp e que rechaça o jornalismo e a leitura talvez seja esse: voltar a se questionar.

Das canções que me consolam

A jornalista Tatiana Lima escreve sobre os preparativos que antecederam a linda manifestação #Elenão protagonizada pelas mulheres contra o machismo, a homofobia, o racismo e o fascismo defendidos e divulgados pelo candidato Jair Bolsonaro (PSL)

Das propostas de governo para a Cultura

A jornalista Tatiana Lima analisa as propostas de todos candidatos ao Governo do Rio Grande do Norte para a Cultura do Estado e mostra quem prioriza e quem não demonstra interesse pela área

De quantas Mayaras se faz uma revolução?

A jornalista Tatiana Lima escreve sobre “Camocim”, filme que retrata uma campanha eleitoral no interior de Pernambuco dirigido pelo cineasta francês Quentin Delaroche. O longa mostra um cenário desanimador, mas desta que é da opressão que nasce a resistência e a perseverança.