CULTURA

Bacurau será exibido em sessão drive-in no festival Curta Caicó

Anúncios

A capital do Seridó potiguar receberá nos dias 15 e 16 de agosto, a partir das 19h, o cinema no formato drive-in, no complexo Ilha de Sant´Ana em Caicó. O projeto faz parte da terceira edição do Festival de Cinema Curta Caicó, pela primeira vez em formato virtual. O intuito é projetar, nacionalmente, o cenário audiovisual de Caicó.

A programação contará com dois curtas-metragens do acervo do SESC RN e dois longas-metragens nacionais. Um dos filmes confirmados é “Bacurau”, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, em sessão do dia 15 de agosto. O longa a ser exibido no dia seguinte ainda está em discussão, e deve ser divulgado em breve. No mesmo dia 16, acontecerá a premiação dos curtas e longas.

Aos que desejarem ter a experiência do cinema no carro, o acesso será por ordem de chegada. Serão disponibilizadas 76 vagas por noite.  A transmissão contará com projeção de imagem em telão e o som por meio de radiotransferência, permitindo ao público ouvir diretamente do rádio de seu veículo.

O acesso ao drive-in será gratuito. No entanto, o evento promove, também, uma ação social. O público que desejar levar 1 KG de alimento não perecível, contribuirá para a doação ao abrigo de idosos e outras instituições as quais serão selecionadas.

O festival de Cinema Curta Caicó terá início a partir deste sábado (8) e contará com uma plataforma de streaming no site curtacaico.com.br. Serão disponibilizadas 115 produções audiovisuais gratuitas ao público. No Curta Caicó Flix – como a plataforma é chamada, internamente, pelos promotores- o espectador poderá deixar sua avaliação de reação para cada longa ou curta e contribuir para a premiação.

Além disso, serão disponibilizadas sete oficinas de capacitação profissional na programação do festival e pode ser consultado, também, no site.

O idealizador do projeto Raildon Lucena afirmou que enxerga o festival como forma de promover o audiovisual do Seridó ao país, bem como mostrar ao público jovem uma perspectiva de oportunidade de trabalho nessa área.

“O festival Curta Caicó vem para ser vitrine para essa produção audiovisual e estimular jovens e adolescentes a projetar o nome de Caicó, nacionalmente, e ter o impacto do Seridó como polo de audiovisual”, afirmou o idealizador.

Ele contou ainda que o projeto sofreu alguns impasses durante o período da pandemia. Devido ao impacto na economia do Estado, alguns empresários parceiros não puderam contribuir. Porém, o projeto recebeu apoio com o edital Sebrae e patrocínio do Governo do Estado, Fundação José Augusto e Lei Câmara Cascudo, Eletrocenter, Rende Gás e Slup. Com isso, viabilizou o acontecimento do evento em agosto.

O festival também conta com apoio do: Sebrae, Sesc, Inplarn, Replac, Morada da Paz e Prefeitura de Caicó. E apoio cultural: Místika, Elo Company, Centro Técnico Audiovisual, ACCIRN, Cardume, UFRN, IFRN, Canal Futura e InterTV.

“Devido a pandemia, houve o reajuste da data para agosto. Por causa que os empresários voltaram atrás com a situação que estamos passando. Mas, em junho recebemos o apoio do edital do SEBRAE, e, assim, poderemos realizar o evento. Em seguida, recebemos outros apoios, como o sesc/rn, viabilizando o drive-in”, afirmou Raildon.

3º Festival de Cinema Curta Caicó promoverá drive-in na capital do Seridó.

 

Artigo anteriorPróximo artigo
Allan Almeida
Jornalista potiguar em formação pela UFRN.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *