TRANSPARÊNCIA

Bancada governista racha na Câmara Municipal e cresce chance de instalação da CEI para apurar contratos da gestão Álvaro Dias

Alegando falta de diálogo com a gestão Álvaro Dias, a bancada governista da Câmara Municipal perdeu cinco vereadores de uma só vez nesta quarta-feira (22). Hermes Câmara (PTB), Anderson Lopes (Solidariedade), Klaus Araújo (Solidariedade), Eribaldo Medeiros (PSB) e Tércio Tinoco (PP) anunciaram um bloco independente, o que ainda não significa a adesão à oposição à administração. Outros nomes ainda podem aderir à auto-intitulada “bancada da independência”.

O prefeito Álvaro Dias está sem líder na Casa há quase duas semanas, depois que Nina Souza (PDT) também abandonou o posto.

A debandada acontece às vésperas da chegada da proposta do novo Plano Diretor e em meio a uma tentativa da oposição de instalar uma Comissão Especial de Inquérito para investigar contratos da gestão Álvaro Dias durante a pandemia. A proposta da CEI surgiu após uma operação conjunta entre Polícia Federal, Receita Federal e Controladoria-geral da União que apontou desvios de R$ 1,4 milhão na compra de respiradores pela prefeitura de Natal. Para instalar a comissão são necessários 10 assinaturas, mas o grupo oposicionista só conseguiu 6 até o momento.

Líder da nova bancada independente, Anderson Lopes (Solidariedade) foi o único do grupo que assinou o requerimento de instalação da CEI. Se os outros quatro vereadores independentes assinarem a CEI será instalada.

Lopes justificou a criação do novo bloco criticando a atual gestão que, segundo ele, não tem diálogo nem respeita os parlamentares. As críticas são endereçadas tanto ao prefeito de Natal, como a secretários municipais que não tiveram os nomes revelados:

“Essa postura que nós, vereadores, tomamos na tarde de hoje é em resposta a todo o retrato que essa Casa vem recebendo ao longo desses nove meses. A falta de diálogo entre o Poder Executivo e o Poder Legislativo, a falta de respeito, não só do senhor prefeito como também de alguns secretários do munícipio. Por várias vezes, buscamos respostas do Executivo, na educação, na saúde, por exemplo, por várias vezes buscamos marcar audiências com secretários e não tivemos sequer respostas. Então, o que essa Casa mostra no dia de hoje é que esta Casa independe do Poder Executivo. Somos independentes. E é com muito orgulho que eu participo dessa nova bancada que está sendo formada hoje nessa Casa: a bancada da independência”, afirmou o parlamentar ao blog do BG.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo
Rafael Duarte
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *