CULTURA

Blocos ‘Ômi, tenha calma’ e ‘Vermelho é a cor mais quente’ estendem folia carnavalesca neste sábado (29)

Para alguns o carnaval não acabou na quarta-feira de cinzas e por isso os blocos ‘Ômi, Tenha Calma!’ e ‘Vermelho é a cor mais quente’ vão para as ruas de Natal no próximo sábado (29) para de estender a folia.

Ômi, Tenha Calma! 

O bloco ‘Ômi, Tenha Calma!’ vai colorir as ruas do Centro de Natal ocupando a área boêmia da região. Após o cortejo, a festa final acontece na Funcarte.

O bloco tem uma parte gratuita e aberta ao público e outra parte privada e paga. Ao todo serão 10 horas de festa, a partir do meio dia. A animação começa no Bar de Nazaré com o grupo Batuque de um povo e segue em cortejo passando pelo Bardallos, onde haverá show de Pedrinho Mendes, Bar do Zé Reeira com show de Dodora Cardoso e continua pelas ruas do centro com Frevo do Xico e Fobica do Jubila.

Ao chegar na Funcarte, acontece a festa paga que tem shows da Bandíssima, Orquestra Greiosa, Dusouto e Banda Dubê. Os ingressos custam $20 meia social e $40 inteira. As compras podem ser feitas através da plataforma sympla.

Vermelho é a cor mais quente

Baseado no festival Vermelho é a cor mais quente, criado em 2016 e que ganhou maiores proporções em 2018, quando denunciou através da cultura potiguar o crescimento do fascismo no Brasil, em 2020 o festival volta como bloco de carnaval para rasgar a censura.

Diante dos ataques à liberdade de expressão, censura a grupos de teatro, polêmicas envolvendo a Secretaria Nacional de Cultura e o presidente instigando um novo Golpe o Vermelho é a cor mais quente de carnaval é uma organização independente de coletivos, músicos, djs e produtores potiguares que resistem contra tudo isso. Para animar para as lutas de 2020 e dar um último sopro de carnaval, o Vermelho acontece a partir das 16h no Bar da Meladinha, Beco da Lama. O acesso é gratuito e a festa conta com orquestra de frevo e discotecagens.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo
Kamila Tuenia
Jornalista potiguar em formação pela UFRN, repórter e assessora de comunicação.