TRANSPARÊNCIA

Bolsonaro ataca repórter de jornal que fez campanha para ele

A nova polêmica envolvendo Jair Bolsonaro é mais um ataque à imprensa.  O presidente expôs e difamou a repórter do jornal O Estado de S. Paulo Constança Rezende, atribuindo a ela declarações gravadas em áudio que ela não disse.

Pelo twitter, Bolsonaro acusou a jornalista de afirmar, numa conversa com um suposto estudantes francês, que queria arruinar a via de Flávio Bolsonaro e buscar o impeachment do presidente Jair Bolsonaro”.

Não há no áudio, cujo conteúdo foi editado, declarações explícitas confirmando que o presidente afirmou. A suposta afirmação de Constança Rezende foi veiculada, em primeira mão, no site Terça Livre, de cores antipetistas e adorador das ideias do astrólogo Olavo de Carvalho.

No mesmo post, Bolsonaro ainda destaca que Constança é filha do jornalista Chico Otávio, que trabalha no jornal O Globo, um dos principais repórteres a cobrir os esquemas das milícias no Rio de Janeiro.

As milícias, como se sabe, são organizações criminosas formadas por policiais que a família Bolsonaro costuma elogiar em público e até conceder condecorações.

Constança Rezende vinha produzindo matérias relacionadas ao escândalo envolvendo Fabrício Queiroz, ex-assessor do ex-deputado estadual e atual senador da República Flávio Bolsonaro, suspeito de realizar movimentações financeiras muito acima dos rendimentos mensais que recebia.

As suspeitas foram apontadas pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), que até o ano passado era ligado à Receita Federal e durante o governo Bolsonaro passou a ser controlado pelo ministro da Justiça e da Segurança Pública Sérgio Moro.

Estadão apoiou Bolsonaro

Os ataques de Jair Bolsonaro à imprensa e às mulheres não são novidade. O detalhe está no veículo atacado. O jornal O Estado de S.Paulo foi um defensor ferrenho da candidatura de Bolsonaro e comemorou efusivamente a vitória do capitão da reserva.

Pouco depois da postagem mentirosa e difamatória, O Estado de S. Paulo publicou ainda no domingo (10)  a matéria “Bolsonaro usa declaração falsa para atacar a imprensa” na desmente a versão divulgada pelo presidente.

Desde domingo, a militância virtual de Jair Bolsonaro passou a atacar a repórter Constança Rezende e o jornal O Estado de S.Paulo O assunto domina os trend topics do twitter com as hastags #EstadãoMentiu. Em segundo lugar já aparece #BolsonaroÉFakeNews, seguido da hastag #IssoAGloboNãoMostra, entre os assuntos mais comentados da segunda-feira.

 

Artigo anteriorPróximo artigo
Rafael Duarte
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *