+ Notícias

Bolsonaro desiste de ir ao Peru acompanhar final da Libertadores

Anúncios

O presidente Jair Bolsonaro não vai mais à Lima, no Peru, para acompanhar o jogo entre Flamengo e River Plate, da Argentina, no sábado (23), pela final da Libertadores. A informação foi divulgada nesta segunda-feira, pelo Palácio do Planalto.

O porta-voz da Presidência, general Otávio Rêgo Barros, disse no último dia 6, que Bolsonaro acompanharia a partida.

Em transmissão nas redes sociais, no dia seguinte, Bolsonaro declarou que estava “pensando em ir para o Peru”. “Se eu for, vão dizer que estou usando avião da Força Aérea. Se tivesse algo já marcado, mas não está marcado.. acho que…”, disse o presidente, sem finalizar a frase.

Bolsonaro tem ido a vários jogos de futebol. No último sábado, na Vila Belmiro, em jogo entre o Santos e o São Paulo, ele foi vaiado pelas arquibancadas e aplaudido pelas cadeiras cativas.

Anúncios

Por causa dos protestos violentos ocorridos no Chile, a final da Libertadores foi transferida para o Estádio Monumental de Lima, no Peru. A decisão de tirar o jogo de Santiago foi tomada após reunião na sede da Conmebol, no Paraguai, com representantes dos dois clubes e das federações nacionais de Brasil, Argentina e Chile. A entidade alegou que optou por mudar o local da final “considerando a segurança dos jogadores, público e das delegações”.

O Palácio do Planalto não informou o motivo de Bolsonaro desistir de acompanhar a partida. Também não disse se há outra agenda prevista para o mesmo dia da final.

Com informações do Estadão

 

Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *