TRANSPARÊNCIA

Bolsonaro paga quase R$ 5 milhões em campanha de publicidade para pedir que população abandone a quarentena

Anúncios

A nova campanha publicitária do governo Bolsonaro, batizada de “O Brasil não pode parar”, vai custar aos cofres públicos R$ 4,8 milhões. A contratação foi classificada como emergencial e realizada sem licitação.

A ação é legal por ter sido autorizada por decreto assinado pelo próprio presidenta da República.

O conteúdo está sendo produzido pela agência iComunicação.

De acordo com o colunista Guilherme Amado, da revista Época, o governo federal prepara para colocar no ar possivelmente já amanhã, no entanto, o conteúdo já foi distribuído para a militância digital do presidente e circula em grupos de WhatsApp.

No vídeo o Governo defende o isolamento social apenas das pessoas acima de 60 anos que estão no grupo de risco. A medida, porém, contraria todas as recomendações dos órgãos de saúde do mundo, incluindo a Organização Mundial de Saúde (OMS) que, no início do mês, classificou como “pandemia” a disseminação do novo Coronavírus no planeta.

 

Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *