CIDADANIA

Buscas por Baía Formosa na internet disparam com medalha de ouro de Ítalo Ferreira no surfe

A medalha de ouro do potiguar Ítalo Ferreira no surfe, durante as Olimpíadas de Tóquio, fez as buscas no Google por Baía Formosa dispararem, cidade do litoral sul potiguar que fica a 1h30 de Natal e onde Ítalo nasceu e mantém residência fixa até hoje. O pico das buscas ocorreu durante a madrugada desta terça (27), quando Ítalo se consagrou campeão e garantiu a primeira medalha de ouro olímpica para o Rio Grande do Norte. Essa também foi a primeira vez que o esporte entrou para o quadro de competições das olimpíadas.

Baía Formosa é uma pequena cidade litorânea com cerca de 9 mil habitantes que tem entre suas principais atividades, o turismo, resultante de suas belas praias e paisagens naturais. É pra lá que Ítalo retorna, sempre que pode, e mantém as mesmas amizades. Um dos períodos mais longos que passou longe de casa foi, justamente, durante a pandemia da covid-19, quando passou quatro meses fora por causa do circuito mundial de 2021.

Em suas entrevistas, Ítalo sempre ressalta a importância de sua relação com a família, amigos e a conexão que mantém com a cidade. Baía Formosa, aliás, também é conhecida como santuário das tartarugas marinhas. Durante a temporada reprodutiva, o projeto Tamar chega a registrar cerca de 550 ninhos, que resultam em mais de 40 mil filhotes. Mas, nem só de sossego e surfe vive Baía Formosa. O local se tornou conhecido de um público mais festeiro nos últimos anos, que costuma vir pra cidade uma vez por ano durante o réveillon.

Saiba Mais: Potiguar Ítalo Ferreira ganha a primeira medalha de ouro olímpica do surfe: “Queria que minha avó estivesse viva para ver o que eu me tornei”

Busca por Baía Formosa disparou com vitória de Ítalo Ferreira I Imagem: reprodução
Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *