CIDADANIA

Cantora potiguar Deusa do Forró denuncia homem por expor na internet fotos íntimas da filha dela

A cantora potiguar Iranilda Albuquerque, conhecida como Deusa do Forró, está denunciando o ex-namorado da filha por criar um perfil falso na internet para expor fotografias íntimas da jovem Williane Rodrigues de Oliveira, de 24 anos, filha da artista. O agressor é natural de Pernambuco, tem 40 anos de idade e, segundo Deusa, passou a perseguir a ex-namorada desde que ela pôs fim ao relacionamento entre os dois, há mais de um ano.

Deusa do Forró gravou um vídeo neste sábado (23) pedindo que fãs e seguidores dela ajudassem denunciando o perfil do agressor, que foi retirado do ar em menos de duas horas após a publicação.

Em contato com a agência Saiba Mais, a cantora preferiu não revelar o nome do acusado por enquanto, mas disse que vai levar o caso às ultimas instâncias judiciais para proteger a filha e a família dela:

– Ele é dessas pessoas que acham que dinheiro compra tudo e tinha ciúmes até do vento, até de mim também, que sou mãe. Quando acabou o namoro ano passado, ele passou a pedir os presentes que havia dado a ela, depois inventou que minha filha tinha roubado algo da casa dele, passou a agredí-la verbalmente ou enviando mensagens e criou esse perfil fake para expor fotos íntimas dela. Enviou fotos para vários homens dizendo que minha filha estava fazendo programa. Ela, claro, ficou chocada, morta de vergonha. Mas nós queremos justiça agora”, disse.

O Sindicato dos servidores municipais de Natal colocou a assessoria jurídica da entidade à disposição de Deusa, que já acionou os advogados e registrou Boletim de Ocorrência na Delegacia da Mulher. Williane está concluindo o curso de Medicina Veterinária em Garanhuns (PE). A artista disse que, apesar do problema, ficou emocionada com o apoio e o carinho das pessoas que ajudaram compartilhando o vídeo e denunciando o perfil do agressor. Deusa reconhece que esse é um caso clássico do machismo e diz que teme pela vida da filha e dela mesmo:

– Não vou deixar por isso mesmo. Quantas histórias a gente não conhece de mulheres que apareceram mortas por agressores que eram namorados, maridos… temos que vigiar e abrir o bocão para denunciar sempre. Hoje ele fez isso (divulgar fotos íntimas), mas amanhã pode fazer coisa muito pior. A gente não sabe. Então já falei com advogados, com o delegado, fui na delegacia da mulher… todas as instâncias que tiver eu irei para proteger minha filha e minha família”, desabafou.

 

 

 

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *