DEMOCRACIA, Principal

Carlos Alberto deixa PT e assume pré-candidatura ao Governo pelo PSOL

Carlos Alberto será pré-candidato do PSOL ao Governo

O professor e empresário Carlos Alberto Medeiros, candidato a vice-prefeito em 2012 na chapa do petista Fernando Mineiro, pediu desfiliação do PT e assumiu pré-candidatura ao Governo do Estado pelo PSOL. A novidade, no último dia do fechamento da janela partidária, surpreendeu a militância e as direções tanto do PT como do PSOL. As conversas vinham sendo travadas de forma discreta nos bastidores pessoalmente entre Carlos Alberto e o vereador Sandro Pimentel. O nome do professor será apresentado ao novo partido até a próxima quarta-feira (11). Os registros das pré-candidaturas do PSOL serão realizados na sexta (13), já a conferência que vai referendar o representante do PSOL na disputa majoritária será dia 20 de abril.

Sandro Pimentel, representante da corrente majoritária do PSOL, é o principal fiador da candidatura de Medeiros. A expectativa é de que Carlos Alberto seja escolhido numa disputa interna contra o sindicalista Santino Arruda, coordenador-geral do SINAI. A professora da UERN Telma Gurgel, que também vinha sendo especulada para disputar o Governo, deve tentar uma vaga no Senado.

Em contato com o Blog por telefone, o mais novo filiado do PSOL confirmou a mudança de partido. Discreto, ele disse que a decisão é individual:

– Essa é uma intenção minha. Sou pré-candidato (ao Governo), mas o Partido ainda precisa confirmar. Até o dia 20 teremos uma definição. 

Carlos Alberto Medeiros nasceu em São Paulo, é mestre em Administração de Empresas pela UFRN (1990) e doutor em Administração pela Universidade de São Paulo (2003). Ele disputou duas eleições no Rio Grande do Norte pelo PT: como candidato a vice-prefeito em 2012 e à deputado federal em 2014, quando obteve 11.858 votos.

Principal nome do PSOL nas últimas disputas majoritárias tanto para o Governo do Estado como para a prefeitura de Natal, o professor Robério Paulino acredita que haverá disputa. Dessa vez, ele será candidato à deputado estadual:

– A corrente do Sandro (Pimentel) é majoritária e eles acham que vão conseguir (referendar o nome do Carlos Alberto). Mas não houve nenhuma discussão interna sobre isso ainda. Deve haver uma disputa com o Santino Arruda e com a professora Telma Gurgel. Eu vou tentar uma vaga na Assembleia Legislativa.

Recém-filiada ao PSOL, a professora da UERN Telma Gurgel disse que colocou seu nome à disposição do Partido, mas não entra em disputa interna. Ela disputou recentemente eleição para a reitoria da UERN, integra um grupo dissidente do PT em Mossoró e se filiou ao PSOL no final de março.

– Não vim para o PSOL para participar de disputa interna. Coloquei meu nome à disposição para contribuir da forma que o Partido achar melhor. Mas em disputa interna eu não entro. Se o Partido entender que posso contribuir para o Senado, e não havendo disputa, coloco meu nome à disposição.

 

Carlos Alberto será apresentado quarta-feira

 

O vereador Sandro Pimentel confirmou que o nome de Carlos Alberto Medeiros será apresentado na próxima quarta-feira (11) ao PSOL e destacou que a decisão sobre o representante do Partido nas eleições para o Governo será discutida de forma coletiva.

– Estávamos guardando, mas como você soube eu não posso dizer que não. Vamos apresentá-lo essa semana, até quarta-feira. Tivemos uma boa conversa com ele, que topou nosso convite. Apresentaremos o Carlos Alberto como um dos pré-candidatos. No PSOL as decisões são tomadas de forma coletiva internamente.

 

 

Sobre as características do pré-candidato, Sandro Pimentel ressaltou o caráter técnico do mais novo filiado ao Partido.

– Carlos Alberto é muito qualificado, especialista em administração. Foi candidato a vice na chapa de Mineiro (2012) e candidato a deputado federal (2014). Entendemos que ele tem todas a condições de fazer um bom embate e representar o programa do PSOL ao povo do nosso Estado.

 

Artigo anteriorPróximo artigo
Rafael Duarte
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *