Bolsonaro deixa PSL e segue para o 9º partido em 30 anos

Ao deixar partido pelo qual se elegeu em 2018, Jair Bolsonaro tenta se livrar do “Laranjal do PSL”, escândalo que usou candidaturas femininas em Minas Gerais cujos recursos, segundo testemunhas ouvidas pela Policia Federal, também teriam irrigado a campanha presidencial