Algumas notinhas sobre o campo literário de Natal

A escritora e professora Cellina Muniz rebate algumas críticas publicadas pelo escritor Manoel Onofre Jr. no site Substantivo Plural sobre o cenário literário do Rio Grande do Norte e destaca que há espaço para todo tipo de escritor. O julgamento fica a cargo do leitor

Resistência somos nós

Nossa música deu vez e voz a muita gente que sonhava calado. A nossa dança nos faz ir além dos nossos limites. Gritamos alto e não somos ouvidos nem notados, a não ser pela viatura que representa o Estado.

Ana Clara Dantas escreve às sextas-feiras

Se cuida !

Estamos em recessão. Ampla. De afeto, de amor-próprio, de proximidade. Estamos tristes e recessivos. Não nos manifestamos, temos medo de incomodar. E mesmo assim incomodamos, porque tristeza incomoda. Então ficamos tristes, quietos e recessivos.

A conta do Diesel

O escritor, professor e filósofo Pablo Capistrano escreve sobre as consequências da greve dos caminhoneiros (ou louckout das transportadoras) frente a um governo nocauteado pela conjuntura e pelas próprias ações. E chega a uma conclusão capitalista: manda quem pode, obedece quem tem prejuízo

A Marcha da maconha de Natal 2018 

A historiadora e professora Leilane Assunção escreve sobre a marcha da maconha de Natal que acontece nesta quinta-feira (31) e explica os motivos porque defende a legalização e descriminalização de todas as drogas