Albert Dickson é acusado de desviar R$ 2,1 milhões e diz que fatos são “inverídicos”

A Justiça do Rio Grande do Norte já acatou a denúncia do Ministério Público que acusa Dickson de peculato, falsificação de documento público e associação criminosa. As acusações são referente ao período de 2009 a 2011, época em que o deputado estadual ainda exercia o mandato de vereador de Natal