CULTURA

Cinema gratuito e de frente para o mar, Cine Verão exibirá 19 curtas na orla de Ponta Negra

Cinema ao ar livre é uma opção incomum na Cidade do Sol, em que as salas são climatizadas, dentro de shoppings centers, com ingressos caros e filmes internacionais ou raramente nacionais, produzidos no sudeste do país.

O Cine Verão, festival de cinema da capital, é uma alternativa de democratização do acesso ao cinema e principalmente, de valorização das produções audiovisuais locais. O festival acontecerá nos dias 28 e 29 de janeiro, no Deck em frente ao Astral Sucos na Orla da Praia de Ponta Negra. Em sua 3° edição, que acontecerá na Orla da Praia de Ponta Negra, o festival exibirá 19 curtas, sendo 10 potiguares para a mostra Poti e 9 nacionais da mostra Brasil, todos escolhidos pela curadoria do evento.

Todas as exibições são gratuitas e abertas a quem quiser prestigiar as produções. O Cine Verão recebeu aproximadamente 200 filmes inscritos tanto para a mostra local, quanto para a de curtas nacionais.

Um dos filmes potiguares escolhidos se chama Julia Porrada. O documentário conta a história de Marieta, moradora de São Miguel do Gostoso que prefere ser chamada pelo apelido que dá nome ao filme. Júlia trabalhava como empregada em Natal e era vítima de violência doméstica por parte do marido, que além de violentá-la destruía seus pertences, como utensílios domésticos e roupas. A mulher se tornou uma acumuladora, depois de tanto tempo privada de suas próprias coisas.

Outras peculiaridades de Júlia, que se diz a mulher mais conhecida de São Miguel do Gostoso, são retratadas no documentário dirigido por Igor Ribeiro, estudante do 6° período de Audiovisual (UFRN). A produção foi reconhecida recentemente com o Prêmio Laces de Melhor Filme do Coletivo Nós do Audiovisual, na 6° mostra de cinema de São Miguel do Gostoso.

“O contato com a Júlia Porrada foi bem fácil, ela é bem acessível e hospitaleira, tanto que nós passamos dois dias com ela, frequentando sua casa e a acompanhando para fazer as filmagens. O resultado foi tão satisfatório que gerou esse reconhecimento, vamos tentar rodar o filme em outros estados mas, é muito bom ter essa visibilidade principalmente em Natal, estar presente nesse meio de criação e produção audiovisual é muito importante pra mim que quero seguir nesse ramo”, conta Igor Ribeiro.

Salve o Rei que Vai Chegar é um curta-metragem que também faz parte do Cine Verão Poti e será exibido pela primeira vez no festival. Dirigido por Rosália Figueiredo, o curta foi gravado no município de Serra de São Bento e retrata as reflexões de um ex-mestre de Boi de Reis da cidade, figura importante de sua cultura local.

“Fui à Serra de São Bento para outros trabalhos e acabou surgindo a oportunidade de produzir e gravar Salve o Rei que Vai Chegar, que ficou pronto há pouco tempo em dezembro passado e vai estrear no Cine Verão. Pra mim isso já é um prêmio, é um espaço extremamente relevante para o audiovisual potiguar, que tem um público que está lá na praia porque quer conhecer os filmes locais que não aparecem nas grandes telas“, relata a roteirista Rosália Figueiredo.

O acesso ao festival é gratuito. O Cine Verão é uma realização da Pinote Produções, com o patrocínio da Prefeitura do Natal e Programa Djalma Maranhão.

Confira os demais filmes selecionados:

Cine Verão Poti
Para a Mostra Cine Verão Poti, com obras de realizadores potiguares e rodados no estado do RN, os selecionados foram:

– CODINOME BRENO | Direção: Manoel Batista – Natal – Doc;
– DISTORÇÃO | Direção: Paula Pardillos e Davi Revoredo – Natal – Fic;
– SALVE O REI QUE VAI CHEGAR | Direção: Rosália Figueirêdo – Serra de São Bento – Doc;
– BERRO | Direção: Alex Macedo & Riele Silva – Parelhas – Fic;
– CASA COM PAREDE | Direção: Dênia Cruz – Natal – Doc;
– A PROVÍNCIA MODERNA | Direção: Artemilson Lima e Raimundo Arrais – Natal – Doc;
– VILA DO SOSSEGO | Direção: Alex Macedo – Parelhas – Fic;
– JÚLIA PORRADA | Direção: Igor Ribeiro – São Miguel do Gostoso – Doc;
– EM REFORMA | Direção: Diana Coelho – Natal – Fic;
– BASCUIO | Direção: TupaN Diego – Natal – Doc.

Cine Verão Brasil
Para a Mostra Cine Verão Brasil, formada por obras realizadas e rodadas em diversos estados do país, os selecionados foram:

– RISCADOS PELA MEMÓRIA | Direção: Alex Vidigal – DF – Fic;
– PEGA-SE FACÇÃO | Direção: Thaís Braga – PE – Doc;
– VISTA PARA DIAS NUBLADOS | Direção: Ana Luísa Moura – RS – Fic;
– TRAVELLING ADIANTE | Direção: Lucio Branco – RJ – Doc;
– DRAGNOSTRA | Direção: PV Vidotti – MT – Fic;
– A PRAGA DO CINEMA BRASILEIRO | Direção: Zefel Coff e William Alves – DF – Doc;
– AS VIAJANTES | Direção: Davi Mello – SP – Fic;
– SOCCER BOYS | Direção: Carlos Guilherme Vogel – RJ – Doc;
– O GRANDE AMOR DE UM LOBO | Direção: Kennel Rogis e Adrianderson Barbosa – PB/RN – Fic.

Artigo anteriorPróximo artigo
Kamila Tuenia
Jornalista potiguar em formação pela UFRN, repórter e assessora de comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *