CULTURA

Codinome Breno: Críticos de cinema do RN debatem em live documentário que remonta memórias da ditadura militar

A Associação de Críticos de Cinema do Rio Grande do Norte (ACCiRN) debate nesta sexta-feira (18), a partir das 19h, o documentário Codinome Breno, dirigido por Manoel Batista e produzido pela Casu Filmes, em 2018. Essa é a quarta live promovida pela entidade com o objetivo de promover um diálogo entre a crítica de cinema e os realizadores do Estado. O público pode acompanhar ao vivo a conversa pelo instagram da ACCiRN aqui

O ACCiRN Conversa acontece nas segundas sextas-feiras de cada mês (e excepcionalmente nas terceiras).

A cada bate-papo, a ACCiRN escolhe um realizador potiguar e o convida para uma conversa, na qual serão abordados aspectos de sua obra, assim como curiosidades de bastidores e do cinema do nosso estado. Já participaram do ACCiRN Conversa os cineastas Pedro Fiuza, Denia Cruz e Plínio Sá.

Nesta quarta edição, o convidado é o diretor Manoel Batista. O filme “Codinome Breno” foi premiado e destacado pela ACCiRN em 2019. A condução do bate-papo é a integrante da associação Tatiana Lima, jornalista, assessora de comunicação e colunista do blog Gosto se discute e da agência Saiba Mais.

O filme

A memória possui gavetas que escondem partes do nosso passado, mas o medo e a saudade nos impedem de acessá-las. Para reconstruir o mosaico de memórias familiares, Manoel busca através da origem do nome de seu irmão, dos objetos de família e dos relatos dos amigos mais próximos as peças que faltam nesse quebra-cabeça. A busca por esse nome termina por descortinar passagens da ditadura militar no Brasil.

Sobre a ACCiRN:

A Associação de Críticos de Cinema do Rio Grande do Norte (ACCiRN) existe desde novembro de 2017. Fui fundada por os críticos de cinema potiguares com a intenção de formalizar, fortalecer e valorizar o seu ofício. A entidade sem fins lucrativos traz em seu estatuto os objetivos a capacitação da classe, a representatividade diante de festivais, mostras e concursos relacionados ao cinema, o que inclui na escolha de representantes oficiais para integrar o júri desses eventos, além de dialogar com desenvoltura com as distribuidoras de filmes para priorizarem a exibição de obras no estado, entre outras ações.

Serviço:

• O quê: ACCiRN Conversa
• Com quem: Manoel Batista, diretor de Codinome Breno
• Quando: 18 de junho de 2021
• Que horas: 19h
• Onde: no instagram @ACCiRN (https://www.instagram.com/accirn/)

 

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *