CIDADANIA

Com 43 mil crianças em situação de risco, RN terá instituto para erradicar trabalho infantil

Anúncios

O Fórum Estadual de Erradicação do Trabalho Infantil, Proteção e Aprendizagem do Adolescente Trabalhador (FOCA-RN) criou nesta segunda-feira (8) um Instituto para dar suporte técnico e financeiro às atividades promovidas pelo Fórum. Segundo dados do IBGE de 2016, o Rio Grande do Norte ainda possui 43 mil crianças e adolescentes entre 5 e 17 anos em atividades de risco.

A criação do Instituto possibilitará ao Fórum receber doações, auxílio e fazer cooperação com entidades municipais, estaduais, nacionais, internacionais e outras organizações não governamentais, além de poder realizar campanhas financeiras. A expectativa da entidade é que, com o aporte de recursos, o FOCA seja capaz de fortalecer as redes de proteção às crianças e adolescentes.

A entidade será presidida pela Auditora-Fiscal do Trabalho Marinalva Dantas, que destaca o pioneirismo da entidade no Brasil:

“O Fórum Estadual tem uma importância histórica no Brasil para o combate ao trabalho infantil, foi o primeiro do país. Mas estávamos, como em todos os locais, com dificuldades para fazer esse trabalho pela falta de verbas, de equipamentos. Pois tudo depende dos governos e os governos estão sempre em meio a crises, realizando cortes. E a criança volta e meia é prejudicada por esses cortes”, afirmou.

Anúncios

O FOCA-RN completa 26 anos de fundação em 2019 e reúne diversas entidades e atores sociais do estado do Rio Grande do Norte envolvidos com políticas e programas de prevenção e erradicação do trabalho infantil, da promoção da aprendizagem e da proteção do adolescente trabalhador.

Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *