TRANSPARÊNCIA

Governo autoriza funcionamento de shoppings, bares e academias com ar-condicionado no RN

O Governo do Estado autorizou a reabertura de shoppings e bares em todo o Rio Grande do Norte. A ação faz parte da junção da fração 1 e 2 da terceira etapa do plano de retomada das atividades econômicas. A decisão foi tomada devido ao estado, na média geral, permanecer em “zona segura” com RT abaixo de 1. Ainda assim, a própria Sesap já afirmou que mais de 60 municípios estão sob risco em relação à taxa de transmissibilidade do novo Coronavírus.

Além desses estabelecimentos, também foi autorizado o funcionamento das academias de ginástica, box de crossfit, estúdios de pilates e similares com uso de ar condicionado. A autorização foi anunciada durante entrevista coletiva de imprensa pelo secretário de Estado de Tributação Carlos Eduardo Xavier. A reabertura estava prevista, anteriormente, para o dia 29 de julho, mas foi adiada com orientação do comitê científico estadual.

Os protocolos de biossegurança foram publicados em portaria no Diário Oficial do Estado. As medidas determinadas como obrigatórias é o uso de máscaras, disponibilização de álcool em gel e garantia de distanciamento social.

Na capital potiguar, esses serviços já estavam em funcionamento devido ao decreto municipal.

O coordenador do Laboratório de Inovação Tecnológica (LAIS/UFRN) e membro do comitê científico estadual Ricardo Valentim afirmou que os índices do estado permanecem estáveis, permitindo a continuidade da retomada. Ele afirmou que em reunião do comitê foi observado os dados referente a taxa de transmissibilidade. O Rio Grande do Norte está com RT de 0,98, caracterizando-se, na média, em zona segura.

Porém, Ricardo Valetim ressaltou que é necessário ter atenção em algumas regiões que apresentam altos índices. Ele frisou que a região do Seridó é a mais preocupante, no momento.

“Em Natal percebemos uma estabilidade na transmissão, no adoecimento. A Região do Seridó, entretanto, tem expansão na transmissão do vírus, o que se reflete na ocupação de leitos, hoje em mais de 80%”, esclareceu.

O secretário Estadual de Tributação Carlos Eduardo Xavier reforçou as ações tomadas pelo Governo do Estado que tem viabilizado a retomada, bem como auxiliado na redução dos índices epidemiológicos. Além disso, ele aproveitou para orientar aos estabelecimentos contemplados tanto nessa fase quanto nas anteriores, a necessidade de ter atenção para não haver retrocesso.

“É necessário ter bastante cautela, os estabelecimentos têm que reforçar os cuidados para não haver retrocesso”, reforçou.

Governo do RN autorizou a continuidade do plano de retomada comercial

Dados epidemiológicos

O estado conta com 52.890 casos confirmados, 62.521 suspeitos e 1.932 óbitos. Desses, foram registrados 6 nas últimas 24 horas. Ainda estão em investigação 219 casos. Foram descartados 82.814 casos. Os dados são do boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde Pública.

Haverá a partir desta quinta-feira (06) uma intensificando na correção nos bancos de dados. Com isso, os pacientes diagnosticadas como suspeitos, mas que passaram do período de sintomas e foram diagnosticados com síndrome gripal não identificada sairão dos números de casos suspeitos. As informações foram prestadas pela Subcoordenadora de vigilância em Saúde Alessandra Luchessi.

Artigo anteriorPróximo artigo
Allan Almeida
Jornalista potiguar em formação pela UFRN.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *