Principal

Prefeitura vai aumentar a tarifa de ônibus em Natal pela segunda vez em menos de 1 ano

O Conselho de Transportes de Natal aprovou nesta quinta-feira (27) um reajuste na tarifa do transporte público municipal. Com a decisão, a passagem de ônibus sobe dos atuais R$ 4 para R$ 4,35 para quem paga em dinheiro, e de $3,90 para $4,15 para os usuários que realizam o pagamento com cartão eletrônico. A tarifa de meia passagem, utilizada por estudantes e professores, ainda não foi divulgada.

O Conselho é formado por representantes da Prefeitura e da sociedade civil, a pauta da reunião prevista era a definição de uma data para a apreciação do novo valor, no entanto, a votação do aumento ocorreu nesta manhã.

Para entrar em vigor, o novo valor precisa ser confirmado em decreto pelo prefeito Álvaro Dias (MDB). Para que o reajuste passe a valer neste domingo (01), a publicação deve acontecer nesta sexta-feira (28).

Enquanto o Conselho de Transportes aprova o aumento da tarifa, a licitação de transportes públicos da cidade não sai do papel. O processo se arrasta há 7 anos. Desde 2013 o poder público trabalha no processo de publicação do edital que deveria regularizar e orientar as empresas que operam transportes públicos na capital com regras e requisitos. A licitação permitiria a melhoria e aumento das frotas de ônibus de Natal, de acordo com um conjunto de diretrizes aprovadas na Câmara Municipal de Natal no final de 2018.

De 2019 para cá, a publicação da licitação foi adiada quatro vezes, três deles somente no ano passado. De acordo com a vereadora Divaneide Basílio (PT), a situação dos transportes públicos da capital potiguar é tratada com descaso e falta de compromisso.

“Enquanto isso, a população fica a mercê de um serviço de baixa qualidade, com uma frota antiga e sucateada que não roda em todos os horários, e linhas que não integram a população de todas as regiões da cidade”, disse.

O vereador Maurício Gurgel (PV) também se posicionou sobre o aumento em suas redes sociais, onde chamou a manobra que aumenta a tarifa de ônibus de “golpe” e disse que vai protocolar um pedido na Justiça para a anular a sessão do Conselho Municipal de Transportes de Natal que aprovou o aumento.

De acordo com a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU), a proposta de reajuste foi levada à análise do Conselho de Transportes pelo Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Natal (Seturn). Em documento enviado a STTU no fim de janeiro, a entidade alegou que a tarifa está defasada e que, por isso, empresas têm tido perdas financeiras. Os conselheiros receberam, a princípio, uma proposta que aumentava a tarifa para R$ 4,25 para todas as formas de pagamento. Contudo, o colegiado decidiu que seria mais justo manter a tarifa diferenciada, em razão de um estudo que apontou que 70% dos usuários pagam a passagem com cartão eletrônico.

A aprovação do aumento da tarifa de ônibus em Natal acontece em menos de um ano do último aumento, que configurou pela primeira vez a diferenciação do valor pago nos transportes pela forma de pagamento. Em maio de 2019, a tarifa passou de R$ 3, 65 para R$ 3,90 para pagamento no cartão e $4,00 para pagamento em dinheiro.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo
Kamila Tuenia
Jornalista potiguar em formação pela UFRN, repórter e assessora de comunicação.