DEMOCRACIA

Contra os cortes, Educação para o Brasil nesta quarta

Estudantes e professores de todo o país estarão reunidos em manifestações nesta quarta-feira (15) em defesa das universidades e instituições federais, ameaçadas com o corte de 30% no orçamento anunciado pelo Ministério da Educação.

Em Natal, o ato unificado terá dois momentos. Às 13h30, o professor e líder do movimento dos Trabalhadores Sem Teto Guilherme Boulos dará uma aula pública no ginásio do campus Central do IFRN. De lá, professores, estudantes e o próprio Boulos participam do grande ato público com concentração às 16h, no cruzamento entre as avenidas Salgado Filho e Bernardo Vieira.

Segundo o ex-vereador de Natal Hugo Manso, que é professor do Instituto Federal do RN e diretor do Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe), o objetivo imediato é abalar a estrutura de governo.

“O que nós queremos de concreto é barrar os cortes de 30%. Amanhã é um dia importante. Precisamos mexer o ponteiro da correlação de forças no Brasil”, disse.

Funcionário do instituto há 26 anos, Hugo garante que além da educação, os bloqueios vão interferir na economia local e na vida de milhares de trabalhadores.

“As políticas de governo são muito ruins. Os professores universitários e os dos institutos federais dão nota zero ao governo Bolsonaro, em particular à pasta de educação”, criticou.

De acordo com ele, os 21 campis do IFRN terão amanhã agendas de manifestações contra os bloqueios. Na capital potiguar, estudantes do Campus Zona Norte irão caminhar da unidade até o Partage Norte Shopping, no bairro Potengi. Já no Campus Cidade Alta, os manifestantes percorrerão trecho da av. Rio Branco. Antes do grande ato marcado para às 15h30, o IFRN Central vai promover uma aula pública, às 13h30, em que recebe o ex-candidato à presidência da República Guilherme Boulos.

“O IFRN tem contribuído para a interiorização dessa discussão política. A mobilização será ampla”, completa.

“A juventude está em estado de choque”

Foto: Rafael Reis

Em Natal, pela manhã, o ADURN-Sindicato, ATENS-UFRN, Sintest e DCE realizarão um ato político-cultural, a partir das 9h, no estacionamento do Centro de Convivência da UFRN, com a participação da cantora Dani Cruz.

Para Wellington Duarte, presidente da ADURN-Sindicato, a educação é a principal inimiga do novo governo. “Não é bloquear recursos apenas, é destruir toda a estrutura da educação desse país, desde o ensino preliminar até a educação superior”, critica.

Segundo o sindicalista, além de se colocar contra os cortes, é preciso convocar a população e pressionar congressistas, já que os quase cinco meses de novo governo atacam a educação pública de qualidade:

“O que o Bolsonaro e o Ministro da Educação fizeram foi quebrar uma Lei, a Lei Orçamentária anual. Agora, cabe também ao Congresso responder. As pessoas nas ruas podem pressionar os congressistas e mobilizar a juventude, que no momento está em estado de choque”, analisa

Humanas

Por nota, o Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes da UFRN repudiou as declarações do Ministro da Educação Abraham Weintraub que desqualificam o ensino e a pesquisa na área de Humanidades:

“Essas declarações e ameaças que põem em dúvida ou atacam o fazer próprio das humanidades constituem-se em um desrespeito aos docentes, aos pesquisadores e discentes que atuam com responsabilidade na sistematização do conhecimento que permite a reflexão e a crítica  sobre o homem, a sociedade e os processos históricos que devem, necessariamente, ser analisados sob a pluralidade de perspectivas que são indispensáveis não só ao desenvolvimento cultural e social, como também à construção de uma sociedades mais justa e livre.”

O Centro congrega 12 cursos presenciais de Licenciatura, 03 cursos a distância de Licenciatura, 11 cursos de Bacharelado, além de 11 Programas de Pós-Graduação que oferecem 11 cursos de mestrado acadêmico, 10 doutorados e 05 cursos de mestrados profissionalizantes.

Protestos em Caicó, Currais Novos, Santa Cruz  e Mossoró

Na cidade de Caicó, entidades e movimentos realizam um Ato Político-Cultural, com concentração às 7h30, na Praça de Alimentação. Os manifestantes seguem em caminhada pelo centro com panfletagem, encerrando com um ato político no cruzamento das avenidas Seridó e Coronel Martiniano.

Em Currais Novos, a concentração está marcada para 7h30min, na Praça da Rodoviária.

No município de Santa Cruz, as atividades têm início às 8h, com apresentações de projetos e atividades desenvolvidas pela UFRN/FACISA, na praça Coronel Ezequiel Mergelino. Às 10h, uma aula pública com o tema “Retirada de Direitos e desmonte das Políticas Públicas”, dialoga com a população local. À tarde, a partir das 13h45, uma mesa redonda fará o debate sobre “Os impactos dos cortes na educação básica e superior”, no IFRN. Às 16h, os manifestantes se concentram em frente ao IFRN, campus Santa Cruz, e seguem em caminhada até a FACISA, onde realizarão um abraço à Instituição.

Em Mossoró, a concentração está marcada para às 06h30, na UFERSA.

Bloqueio do MEC tira mais de R$ 100 milhões do RN

No Rio Grande do Norte, as três instituições federais sofrerão com os bloqueios. Na Universidade Federal Rural do Semiárido, serão R$ 15,8 milhões a menos no orçamento. No IFRN, foram congelados mais de R$26 milhões, cerca de 39% dos recursos. Já na UFRN, foram reduzidos cerca de R$ 60 milhões. Na Universidade Federal do RN, pelo menos quatro bolsas de mestrado e três de doutorado foram suspensas.

Programação de manifestações em Natal

Foto: Rafael Reis

9h – Ato Político-cultural na UFRN
Tema: Em defesa da universidade e contra a Nova Previdência
Local: Estacionamento do Centro de Convivência

09h30: Aula Pública com Luana Myrrha no IFRN-Central
Tema: Os impactos da Reforma da Previdência
Local: Pátio das Rosquinhas

13h30: Aula Pública com Guilherme Boulos
Tema: Em Defesa da Educação Pública
Local: Ginásio do CNat/IFRN

15h30: Ato Público unificado
Local: Cruzamento do Shopping Midway Mall com o IFRN

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo