CIDADANIA

Covid-19: Em novo decreto, Governo do RN promete mais rigor em fiscalizações

Buscando reduzir a propagação da covid-19, o Governo do Rio Grande do Norte publicou decreto neste sábado (20) em que sinaliza o aumento de fiscalização e controle dos protocolos sanitários. O texto também cita a intensificação do monitoramento e rastreio da implementação das medidas sanitárias nos municípios turísticos e o estabelecimento de barreiras sanitárias.

Para isso, o Programa Pacto Pela Vida disponibiliza as forças de segurança estaduais aos municípios, para operações que coíbam aglomerações, seja em espaços públicos ou privados, abertos ou fechados, bem como para garantir o cumprimento das medidas necessárias ao enfrentamento e prevenção da doença.

As recomendações decretadas na publicação incluem a suspensão pelo período de 14 dias do funcionamento de bares, restaurantes e similares após as 22h para atendimento ao público e até as 23h apenas para fins de encerramento das atividades operacionais; de festas ou eventos promovidos ou patrocinados por entes públicos ou iniciativa privada; e comercialização de bebidas alcóolicas, bem como seu consumo em ambientes públicos, após as 22h.

O decreto também mantém em vigor o uso obrigatório de máscara de proteção por todos, especialmente no transporte público, individual ou coletivo, ou no interior de estabelecimentos abertos ao público, com exceção de crianças menores de 3 anos de idade, pessoas com transtorno do espectro autista, deficiência intelectual ou sensorial que a impeça de fazer o uso adequado da máscara.

As medidas são anunciadas diante de altas taxas de transmissibilidade do vírus e de ocupação de leitos. Neste sábado (20), a taxa geral do estado de ocupação de leitos críticos é de 84,3%. Da região Metropolitana, 88,3. Na sexta-feira (19), treze hospitais públicos não tinham mais vagas em UTIs e UCIs para covid-19. Nesta manhã, onze unidades de saúde estão nessa situação.

Já são 159.821 infectados e 3.472 mortes confirmadas, oito nas últimas 24 horas, em Natal (2), Parnamirim, Caiçara do Norte, Caicó, Santo Antônio, São Paulo do Potengi e Caraúbas.

Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *