Principal, TRANSPARÊNCIA

Denúncias eleitorais em Natal superam ocorrências em 8 estados do país

O sistema online para denúncias de irregularidades durante o período eleitoral criado pelo TSE já recebeu mais de 21 mil ocorrências em todo o país. Só no Rio Grande do Norte, a ferramenta batizada de Pardal registrou 812 denúncias até às 14h desta quinta-feira (4), o que coloca o Estado potiguar em 8º lugar no ranking entre todos os estados do país.

O número de registros só em Natal (350) supera o total de denúncias de 8 estados do país. A capital potiguar contabiliza mais ocorrências que Alagoas, Sergipe, Piauí, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Roraima, Acre e Tocantins.

O Pardal é o sistema para denúncias de irregularidades eleitorais, onde o usuário externo, cidadão, pode enviar denúncias para a Justiça Eleitoral. Essas demandas poderão ser tratadas pelo Ministério Publico e pela Justiça Eleitoral.

A liderança isolada é de São Paulo, onde já foram denunciadas 3.128 ocorrências. Em segundo lugar aparece Pernambuco, com 2.540 até o fechamento desta reportagem. Minas Gerais é o terceiro estado com mais registros de denúncias eleitorais. Ao todo, 1.420 ocorrências foram armazenadas pelo Pardal mineiro.

Das 812 denúncias armazenadas em 77 municípios do RN, 57% estão relacionadas à propaganda eleitoral irregular, 21% a crimes eleitorais, 9% uso da máquina pública, 3% compra de votos e 8% outros.

O município potiguar onde houve o maior número de registros foi Natal (350), seguido de Mossoró (99), São Gonçalo do Amarante (45) e Parnamirim (34).

Para fazer sua denúncia acesse aqui

*Confira o ranking das denúncias eleitorais por Estado:

1º São Paulo – 3.182

2º Pernambuco – 2.540

3º Minas Gerais – 1.420

4º Bahia – 1.359

5º Santa Catarina – 1.250

6º Rio Grande do Sul – 1.027

7º Distrito Federal – 992

8º Rio Grande do Norte – 806

9º Paraná – 793

10º Espirito Santo – 769

11º Paraíba – 742

12º Mato Grosso 711

13º Maranhão – 710

14º Rio de Janeiro – 659

15º Goiás – 658

16º Ceará – 543

17º Pará – 444

18º Amazonas – 374

19º Amapá – 369

20º Alagoas – 332

21º Sergipe – 329

22º Piauí – 320

23º Mato Grosso do Sul – 217

24º Rondônia – 214

25º Roraima – 140

26º Acre – 94

27º Tocantins – 51

 

*As atualizações são online

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo
Rafael Duarte
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"